Eduvem

Blog

Saiba o que rola no mundo Eduvem.

Educação corporativa – Devemos utilizar melhor seus conceitos

Há um movimento global no mercado corporativo por transformações, modernização cultural e mais tecnologia para facilitar o dia a dia. Ao mesmo tempo, surgem novas funções e formações, que melhoram o fluxo da gestão de pessoas. O desafio é reconhecer a necessidade de ajustes no momento certo e fazer os ajustes necessários dentro da organização. Uma das ferramentas que ajuda muito nesse processo é a educação corporativa, que, quando bem utilizada, motiva os colaboradores e identifica pontos de melhoria, como a promoção de um colega de trabalho para um novo cargo dentro da empresa. Estamos falando de conceitos bem conhecidos como upskilling e requalificação, que são cada vez mais usados para capitalizar talentos e, ao mesmo tempo, atender às demandas organizacionais internas.

O upskilling é um processo de educação corporativa direcionado ao aprimoramento de conhecimentos e competências nas áreas onde o profissional já atua. É uma importante ferramenta de atração e retenção de talentos em processos seletivos, além de proporcionar inúmeras vantagens à equipe. Por exemplo, garantindo atualizações de segmento; proporcionar especialização em áreas específicas; preparar colaboradores para cargos de nível superior na empresa e qualificá-los para cargos de liderança. Para os gestores, o conceito promove conflitos com os colaboradores, melhores planos de carreira e maior agilidade, eficiência e qualidade nas entregas.

Já a requalificação é a busca de um novo conjunto de competências ou a oportunidade de obter acesso a uma área que ainda não esteja ocupada. Esse conceito de educação corporativa evolui lado a lado com o movimento contínuo do mercado e o surgimento de novas profissões e cargos. As vantagens para a equipe incluem melhor adaptabilidade às novas demandas, experiência profissional diversificada, preparação para novas funções e crescimento profissional significativo. A empresa se beneficia da melhoria da colaboração, da retenção e desenvolvimento de talentos e do fortalecimento de equipes multidisciplinares qualificadas e com competências relevantes para atender às demandas.

A Eduvem é a melhor plataforma para construção de Universidades Corporativas com uma experiência inovadora em aprendizagem e eventos digitais, somos uma excelente opção para instituições educacionais, empresas e instrutores independentes. Agende uma demonstração preenchendo o formulário abaixo:

Com tantas vantagens nesses conceitos, por que ainda existem empresas que não investem no desenvolvimento público interno? A resposta é complicada e leva em conta muitas variáveis. No entanto, acredito que ainda falta uma percepção mais convincente dos benefícios de valorizar e incentivar a colaboração. De acordo com um estudo da McKinsey & Company, 9 em cada 10 executivos estão preocupados com a falta de competências em profissões específicas e 87% das empresas não têm o pessoal necessário. O inquérito também concluiu que 40% das competências essenciais dos actuais trabalhadores terão de mudar nos próximos cinco anos e 50% dos profissionais terão de se requalificar até 2025.

Um factor muito importante que justifica o investimento na formação e implementação do conceito é o efeito motivacional nos profissionais. Por exemplo, a Geração Z tem uma forte crença de que a aprendizagem é a chave para alcançar o sucesso na carreira. Os programas de melhoria de competências e requalificação, por outras palavras, reforçam o sentimento de pertença ao local de trabalho, exigindo que os trabalhadores possuam competências como liderança, influência social, pensamento analítico e crítico, inovação, aprendizagem ativa, design e programação tecnológica. Ao mesmo tempo em que são implementados, os conceitos geram receita para a empresa e contribuem para a imagem positiva de sua marca. Com uma menor rotatividade de profissionais, há menos custos associados a processos seletivos e desmobilização de pessoal.

O olhar humano e a atenção às equipes é a melhor forma de determinar qual caminho seguir. A equipe de RH pode utilizar esses tipos de programas começando com um mapeamento das competências disponíveis em sua força de trabalho, bem como determinando lacunas profissionais e como colmatá-las. Outros pontos essenciais incluem ouvir os colaboradores para entender o que desejam da carreira e selecionar todas as competências necessárias para atingir os objetivos pré-determinados da corporação.

Neste ponto, a presença de um gestor preparado para auxiliar a equipe na definição de estratégias e próximos passos torna-se fundamental. Quando penso em um líder preparado, penso em alguém que é eficiente, possui valores alinhados aos objetivos corporativos e busca constantemente a excelência no trabalho que realiza. O gestor é o elo entre o colaborador e a empresa e dirige o clima da equipe, para o bem ou para o mal. Ou, como espelho da empresa para a equipe, você poderá identificar e direcionar melhor os talentos, bem como apoiar o RH na aplicação de treinamentos e realocações, se for o caso.

Além do olhar humano, também vale a pena investir em soluções tecnológicas para encontrar mais rapidamente candidatos qualificados para as vagas disponíveis e desenvolver um programa de desenvolvimento profissional contínuo que inclua tanto o aprimoramento das competências existentes quanto o aprendizado de novas.

Quando proporcionamos um ambiente de trabalho motivador e uma cultura organizacional que estimula o crescimento e o desenvolvimento profissional, minimizamos as desvantagens intelectuais e financeiras e fortalecemos a equipe com talentos e habilidades diversos para superar desafios, tudo isto por meio da educação corporativa.

Elevando a Cultura Organizacional: O Papel Transformador das Universidades Corporativas

A implementação de universidades corporativas é mais do que uma estratégia de treinamento; é um investimento no cerne da cultura organizacional. Ao focar no desenvolvimento contínuo, liderança eficaz, diversidade e inovação, as empresas podem fortalecer sua cultura, tornando-se mais resilientes, ágeis e adaptáveis. Uma universidade corporativa bem-sucedida não apenas aprimora as habilidades dos colaboradores, mas também transforma a maneira como a empresa aborda o aprendizado, promovendo um ambiente de trabalho vibrante e próspero.

Continue Reading

A Importância de uma Infraestrutura de TI Robusta para o Sucesso do Seu Negócio

Investir em uma infraestrutura de TI robusta não é apenas uma escolha estratégica; é uma necessidade imperativa para empresas que buscam se destacar em um ambiente de negócios altamente competitivo e dinâmico. Desde a eficiência operacional até a inovação e a segurança da informação, a infraestrutura de TI desempenha um papel crucial em todos os aspectos do funcionamento da empresa. Ao reconhecer e priorizar esse alicerce tecnológico, as empresas estão construindo as bases necessárias para o sucesso a longo prazo e a adaptação contínua às demandas do mercado.

Continue Reading

A Importância do Planejamento Estratégico na Educação Corporativa: Impulsionando o Sucesso Empresarial

Em um ambiente empresarial altamente competitivo e em constante evolução, o planejamento estratégico para a educação corporativa é uma prática fundamental. Ele não apenas alinha os esforços educacionais com os objetivos organizacionais, mas também impulsiona o desenvolvimento dos colaboradores, fortalece a competitividade da empresa e contribui para o sucesso a longo prazo. Investir no crescimento profissional dos colaboradores não é apenas uma escolha estratégica; é um imperativo para as empresas que buscam prosperar em um cenário empresarial dinâmico e desafiador.

Continue Reading

A Transformação da Educação Corporativa: Plataformas Integradas como Chave para o Sucesso

A integração de treinamentos, eventos e rede social em uma plataforma única é a evolução natural da educação corporativa. Ao alinhar-se com as necessidades do ambiente de trabalho moderno, as organizações podem impulsionar a aprendizagem contínua, promover a colaboração e construir equipes mais capacitadas e motivadas. A implementação bem-sucedida requer planejamento estratégico, engajamento dos colaboradores e um compromisso contínuo com a evolução da plataforma. Em última análise, investir em soluções integradas não apenas otimiza a eficiência operacional, mas também contribui para uma cultura organizacional vibrante e inovadora.

Continue Reading

Desenvolvendo Soft Skills: A Importância do RH no Crescimento Profissional

À medida que as empresas buscam se destacar em um ambiente de negócios cada vez mais competitivo, o investimento no desenvolvimento de soft skills torna-se imperativo. Essas habilidades não apenas fortalecem as equipes, mas também promovem uma cultura organizacional saudável e inovadora. O papel do departamento de Recursos Humanos é central nesse processo, desde a identificação das necessidades de habilidades até a implementação de estratégias eficazes de treinamento e desenvolvimento. Ao reconhecer e priorizar as soft skills, as organizações estão construindo bases sólidas para o sucesso a longo prazo, investindo não apenas no conhecimento técnico, mas no potencial humano que impulsiona o crescimento e a excelência profissional.

Continue Reading

Fatores cruciais para a retenção de talentos nas empresas

No competitivo mundo corporativo de hoje, a retenção de talentos emergiu como um pilar estratégico para as empresas. Uma elevada rotatividade de funcionários pode custar caro, afetando o conhecimento institucional, a estabilidade e a atratividade do ambiente de trabalho. A Adecco Brasil, por meio de sua diretora Bianca Machado, traz insights valiosos sobre como manter os melhores profissionais a bordo, ressaltando que a remuneração não é o único fator determinante.

Bianca enfatiza a importância de uma comunicação eficaz e de uma cultura organizacional forte. Ela enfatiza a importância de criar um ambiente de trabalho positivo, com valores compartilhados e transparência, a fim de envolver os funcionários. Além disso, proporcionar autonomia, propósito e oportunidades para tomar decisões significativas são elementos críticos para motivar os funcionários.

O reconhecimento profissional também desempenha um papel importante. Bianca ressalta que, além da compensação monetária, são essenciais reconhecimentos intangíveis como feedback positivo e um ambiente de trabalho acolhedor. Benefícios adicionais, como programas de bem-estar e apoio à saúde mental, são atrativos importantes para posicionar a empresa como uma marca empregadora desejável.

O CEO da Adecco destaca também a eficácia dos sistemas de feedback aberto, que permitem aos líderes compreender e agir face aos desafios enfrentados pelos colaboradores, melhorando assim o ambiente de trabalho. Ela ressalta que investir nas pessoas e criar um ambiente que promova o crescimento profissional são estratégias de longo prazo. Preservar o conhecimento da equipe e reduzir a frequência dos processos seletivos são benefícios inestimáveis para as empresas que buscam se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

A Eduvem é a melhor plataforma para construção de Universidades Corporativas com uma experiência inovadora em aprendizagem e eventos digitais, somos uma excelente opção para instituições educacionais, empresas e instrutores independentes. Agende uma demonstração preenchendo o formulário abaixo:

“Priorizar a retenção de talentos, mesmo com um orçamento limitado, é uma exigência para as empresas que querem estar à frente da concorrência”, conclui Bianca Machado, apontando para um novo paradigma nas estratégias corporativas de retenção de talentos.

Segundo Bianca Machado, esta abordagem holística e humanizada na gestão de talentos vai além da visão tradicional da remuneração como único motivador. Ela destaca que o cenário corporativo atual exige um olhar mais atento às necessidades e aspirações dos colaboradores, reconhecendo que cada colaborador tem motivações únicas e valoriza diferentes aspectos do local de trabalho.

Uma das principais mensagens de Machado é a importância de equilibrar fatores tangíveis e intangíveis na retenção de talentos. Ela sugere que, embora os benefícios financeiros sejam importantes, aspectos como o desenvolvimento de carreira, oportunidades de aprendizagem e um ambiente de trabalho respeitoso e inclusivo são igualmente importantes. Esses elementos contribuem para a satisfação dos colaboradores e para sua decisão de permanecer na empresa.

Machado também enfatiza a importância de ouvir os colaboradores. Ela acredita que a criação de canais de comunicação abertos e eficientes onde os funcionários possam expressar as suas preocupações e sugerir melhorias é fundamental para criar um ambiente de trabalho positivo e produtivo.

No geral, a abordagem da Adecco Brasil para a retenção de talentos reflete uma mudança significativa na gestão de recursos humanos. Reconhecendo que os colaboradores são o ativo mais valioso de uma empresa, a estratégia vai além da remuneração e centra-se na criação de um ambiente de trabalho saudável e satisfatório, incentivando o desenvolvimento pessoal e profissional e, no final, garantindo a longevidade e o sucesso tanto dos colaboradores como dos organização.

Retenção de talentos: existe um código para funcionários felizes?

Retenção de talentos: existe um segredo para manter os funcionários felizes? Mas esta visão superficial é simplesmente um reflexo do debate “hamletiano” que irrompeu nos últimos anos: seremos substituídos por IAs e quando? Depende de você querer ou não.

Mas, como gestores de pessoas, não precisamos de fantasia para revelar a verdade. O talento é essencial para o sucesso de qualquer negócio e será, sem dúvida, o fator decisivo na batalha pela quota de mercado em mercados cada vez mais competitivos onde é possível adquirir tecnologia. O talento criou até recursos de inteligência artificial.

Continue Reading

Treinamento de colaboradores garante o sucesso de um negócio

Num ambiente de negócios dinâmico e competitivo, a busca constante pela melhoria e eficiência é fundamental para o crescimento das organizações. Nesse contexto, o treinamento e o desenvolvimento dos colaboradores emergem como componentes críticos para o sucesso dos negócios, proporcionando benefícios e impulsionando o desenvolvimento de equipes mais qualificadas e engajadas.

Investir em treinamento de colaboradores é mais do que uma opção para empresas que desejam se destacar no mercado. Vários estudos mostram que as organizações que priorizam a formação dos colaboradores superam os seus concorrentes em termos de produtividade e inovação. O aumento da eficiência operacional e a melhoria da qualidade dos produtos e serviços são resultados diretos deste investimento.

Continue Reading

A IA pode ajudar no treinamento de colaboradores

O treinamento de colaboradores é uma parte importante do desenvolvimento e sucesso das empresas e a tecnologia tem papel importante nisto. Neste contexto, a inteligência artificial (IA) pode ser uma aliada valiosa na avaliação do progresso de cada colaborador, identificando potenciais lacunas de competências e ajustando o material de formação de forma dinâmica para uma aprendizagem mais rápida e eficiente.

Continue Reading
Scroll to top