Informações

Plataforma Eduvem consolida sua divisão de eventos virtuais em parceria com a Afinal Cenografia, e realiza evento de hiperloja de cosméticos

Plataforma Eduvem

Revolucione suas Lives e Show Online utilizando uma plataforma robusta, moderna e totalmente livre das amarraras comerciais das tradicionais plataformas de compartilhamento de vídeos.

No último dia 24 de julho, uma rede de lojas de cosméticos realizou seu primeiro evento digital. O evento, primeiro feito através da parceria da empresa Afinal Cenografia e a plataforma Eduvem Experience, contou com a presença de centenas de clientes, digital influencers, parceiros e fabricantes. Foi um sucesso, e permitiu aos participantes um contato com muito conteúdo e novidades do mercado.

Plataforma e conteúdos foram personalizados para a empresa, com apresentação no palco virtual em estúdio, e participação ao vivo através de streaming das apresentadoras de cada palestra. A plataforma permitiu ainda a visita aos estandes em 3D de cada patrocinador, com apresentação de conteúdos exclusivos ao público e link direto para loja virtual de cada marca.

“Mantemos nosso objetivo de sermos uma plataforma muito simples e de fácil uso para o cliente, porque nossa tecnologia é muito bem estruturada para atender esse novo mercado de eventos online, mas sempre muito amigável para o uso”, conta Vladimir Nunan, CEO da EDUVEM.

“Ver todos os convidados navegando na plataforma, curtindo a experiência de um evento digital, com toda tecnologia e facilidade no acesso foi muito gratificante e fortaleceu a ideia de que estamos no caminho certo para o futuro dos eventos híbridos .” conta Monica Baptistelli, Sócia Diretora da Afinal Cenografia.

Iniciativa privada em parceria com o governo do Ceará, disponibilizam centenas de aulas gratuitas online para o ensino médio

As organizações privadas Farias Brito, Microsoft, Eduvem e Lanlink se unem com a SEDUC (Secretaria de Educação do Estado do Ceará) para viabilizar o ensino à distância com qualidade para jovens do ensino médio durante a pandemia.

O ensino a distância não era uma realidade, mas sim uma aspiração. Apesar de o mundo prover todo o aparato tecnológico necessário, a cultura do ensino presencial em todo mundo ainda prevalecia. Claro, a interação presencial humana é um fator primordial para nosso estado de espírito, mas em muitos casos que esses encontros eram difíceis de acontecer, por motivos de custo, distância, recursos ou algo do gênero, simplesmente o aluno não tinha opção: perderia a aula, a semana, o ano.

As dependências para que esse aluno frequentasse a sala de aula, em locais mais remotos principalmente, eram muitas. Para os alunos que tinham facilidade de ir para a escola, a realidade era outra, e por isso a desigualdade existe na preparação de base no Brasil.

Fato é que, com a pandemia do COVID-19, o mundo mudou e temos a chance de balancear o conhecimento para todos. Empresas trabalhando em casa, alunos estudando em casa. O aparato tecnológico até aqui desenvolvido para o ensino a distância passou a valer, e valer muito. Com as escolas buscando se adaptar e não deixar os alunos perderem o ano letivo, estudar remotamente de casa passou a ser uma realidade.

”Em parceria com a SEDUC do Ceará, estamos unindo todos os alunos do estado para que tenham acesso ao mesmo conteúdo do programa de Estudos Domiciliares, de altíssima qualidade e em suas casas, em prol de auxiliarmos o ensino público cearense a não perder aulas e não se atrasarem com o ano letivo” comenta Vladimir Nunan, CEO da empresa Eduvem, a qual possui um software de ensino à distância e está doando as licenças para esse projeto, com acesso gratuito a plataforma por todos os alunos da rede pública de ensino do estado. O conteúdo das aulas para o ensino médio, foram cedidas gratuitamente pelo tradicional grupo Farias Brito, um dos maiores grupos educacionais do país. São centenas de aulas, divididas em Biologia, História, Geografia, Química, Filosofia e Física.

Além disso, Microsoft e a Lanlink, empresas de tecnologia, cederam a infra-estrutura e o suporte para que tudo isso acontecesse. ”A iniciativa privada pode sim dar as mãos e realizar feitos incríveis nesse momento triste. Todo aluno, seja de qual escola ou classe social for, poderá acessar um ótimo conteúdo e se preparar ainda mais para os desafios pós crise em suas escolas”, conclui Vladimir.

O intuito de iniciativas como essa, é mostrar que o ensino a distância é viável, e aproxima alunos, professores, diretores, escolas e empresas, de todos os tamanhos, classes e oportunidades. Claro, o ensino presencial é primordial no longo prazo, mas agora sabemos que temos um grande aliado no aprendizado e na preparação de todos os alunos no Brasil: o ensino a distância.

Sobre a EDUVEM

A Eduvem é uma Start-up (Edutech) focada na tecnologia, usabilidade e design desenvolvendo produtos, aplicativos e ferramentas para melhorar a aprendizagem. Acreditamos na importância da educação como fonte de transformação para pessoas, empresas e instituições. Por meio de inovações tecnológicas, exploramos novas formas de colaboração. Assim, além do crescimento individual, abrimos novos horizontes para equipes, produtos, serviços e consumidores.

Nosso objetivo é compreender o cliente e suas necessidades, a fim de melhorar continuamente seus negócios. Oferecemos ferramentas completas, de uso simples, para publicação de conteúdo educacional em várias áreas e de vários modelos.

www.eduvem.com

contato@eduvem.com

Brasileira está entre os 50 melhores professores do mundo

Débora Garofalo é professora na escola municipal Almirante Ary Parreiras, em São Paulo. Ela é uma das 50 melhores professoras do mundo e concorre ao prêmio principal.

Seu trabalho é incrível. Através do projeto Robótica com Sucata, ela leva seus alunos para as ruas do bairro – onde falta saneamento básico e coleta de lixo – e faz um trabalho de catalogação e coleta do lixo.

Mas o que isso tem a ver com robótica? Do lixo, a professora e seus alunos criam robôs e máquinas automatizadas. Isso mesmo, a professora alia consciência ambiental com tecnologia e extrai dos alunos habilidades que eles ainda não conheciam.

A professora Débora, aliás, será uma das palestrantes do EdTech Conference, maior evento sobre o futuro da educação já realizado no Brasil, que nos últimos 2 anos reuniu mais de 4 mil pessoas.

Segundo a professora, o projeto é multidisciplinar e tem um forte apelo social: “o projeto tem ajudado a pensar a escola que não só produza conhecimento, como também traga contribuições locais, gerando responsabilidade social nos alunos e na comunidade”.

Pelo projeto, a professora é uma dos 50 finalistas do Prêmio internacional Global Teacher, que reúne professores de 171 países que criaram métodos inovadores e criativos para lecionar.

O vencedor do prêmio recebe o título de Melhor Professor do Mundo. O resultado final sai em março, em Dubai.

Fonte: Startse

Agora somos todos Eduvem!

A partir de hoje, a Quattro Ventos passa a se chamar simplesmente EDUVEM.

Nessa nova etapa criamos 3 pilares para apoiar nossos clientes:

  • EDUVEM Rapid Learning – plataforma de ensino a distância.
  • EDUVEM Services – consultoria, produção e transformação fim a fim de conteúdo para EAD.
  • EDUVEM Corporate Social Media – solução de rede social para empresas.

Nosso desafio é possibilitar qualquer pessoa configurar, operar e administrar seu conteúdo educacional.

EDUVEM simplesmente fácil!!
www.eduvem.com

Scroll to top
×

WhatsApp Chat

× Ajuda?