Retenção de talentos

Fatores cruciais para a retenção de talentos nas empresas

No competitivo mundo corporativo de hoje, a retenção de talentos emergiu como um pilar estratégico para as empresas. Uma elevada rotatividade de funcionários pode custar caro, afetando o conhecimento institucional, a estabilidade e a atratividade do ambiente de trabalho. A Adecco Brasil, por meio de sua diretora Bianca Machado, traz insights valiosos sobre como manter os melhores profissionais a bordo, ressaltando que a remuneração não é o único fator determinante.

Bianca enfatiza a importância de uma comunicação eficaz e de uma cultura organizacional forte. Ela enfatiza a importância de criar um ambiente de trabalho positivo, com valores compartilhados e transparência, a fim de envolver os funcionários. Além disso, proporcionar autonomia, propósito e oportunidades para tomar decisões significativas são elementos críticos para motivar os funcionários.

O reconhecimento profissional também desempenha um papel importante. Bianca ressalta que, além da compensação monetária, são essenciais reconhecimentos intangíveis como feedback positivo e um ambiente de trabalho acolhedor. Benefícios adicionais, como programas de bem-estar e apoio à saúde mental, são atrativos importantes para posicionar a empresa como uma marca empregadora desejável.

O CEO da Adecco destaca também a eficácia dos sistemas de feedback aberto, que permitem aos líderes compreender e agir face aos desafios enfrentados pelos colaboradores, melhorando assim o ambiente de trabalho. Ela ressalta que investir nas pessoas e criar um ambiente que promova o crescimento profissional são estratégias de longo prazo. Preservar o conhecimento da equipe e reduzir a frequência dos processos seletivos são benefícios inestimáveis para as empresas que buscam se destacar em um mercado cada vez mais competitivo.

A Eduvem é a melhor plataforma para construção de Universidades Corporativas com uma experiência inovadora em aprendizagem e eventos digitais, somos uma excelente opção para instituições educacionais, empresas e instrutores independentes. Agende uma demonstração preenchendo o formulário abaixo:

“Priorizar a retenção de talentos, mesmo com um orçamento limitado, é uma exigência para as empresas que querem estar à frente da concorrência”, conclui Bianca Machado, apontando para um novo paradigma nas estratégias corporativas de retenção de talentos.

Segundo Bianca Machado, esta abordagem holística e humanizada na gestão de talentos vai além da visão tradicional da remuneração como único motivador. Ela destaca que o cenário corporativo atual exige um olhar mais atento às necessidades e aspirações dos colaboradores, reconhecendo que cada colaborador tem motivações únicas e valoriza diferentes aspectos do local de trabalho.

Uma das principais mensagens de Machado é a importância de equilibrar fatores tangíveis e intangíveis na retenção de talentos. Ela sugere que, embora os benefícios financeiros sejam importantes, aspectos como o desenvolvimento de carreira, oportunidades de aprendizagem e um ambiente de trabalho respeitoso e inclusivo são igualmente importantes. Esses elementos contribuem para a satisfação dos colaboradores e para sua decisão de permanecer na empresa.

Machado também enfatiza a importância de ouvir os colaboradores. Ela acredita que a criação de canais de comunicação abertos e eficientes onde os funcionários possam expressar as suas preocupações e sugerir melhorias é fundamental para criar um ambiente de trabalho positivo e produtivo.

No geral, a abordagem da Adecco Brasil para a retenção de talentos reflete uma mudança significativa na gestão de recursos humanos. Reconhecendo que os colaboradores são o ativo mais valioso de uma empresa, a estratégia vai além da remuneração e centra-se na criação de um ambiente de trabalho saudável e satisfatório, incentivando o desenvolvimento pessoal e profissional e, no final, garantindo a longevidade e o sucesso tanto dos colaboradores como dos organização.

Retenção de talentos: existe um código para funcionários felizes?

Retenção de talentos: existe um segredo para manter os funcionários felizes? Mas esta visão superficial é simplesmente um reflexo do debate “hamletiano” que irrompeu nos últimos anos: seremos substituídos por IAs e quando? Depende de você querer ou não.

Mas, como gestores de pessoas, não precisamos de fantasia para revelar a verdade. O talento é essencial para o sucesso de qualquer negócio e será, sem dúvida, o fator decisivo na batalha pela quota de mercado em mercados cada vez mais competitivos onde é possível adquirir tecnologia. O talento criou até recursos de inteligência artificial.

Continue Reading

Retenção de talentos: como manter os melhores?

Os líderes empresariais estão sob pressão no que diz respeito à retenção de talentos: à medida que as grandes empresas reduzem drasticamente a sua força de trabalho através de despedimentos em massa, há uma batalha por profissionais vistos como especialistas nas suas áreas. “A escassez de candidatos qualificados aumenta a competição por estes profissionais e coloca ainda mais pressão sobre os gestores, que devem manter estas pessoas satisfeitas ou estar prontas para contratar no momento certo”, afirma Diogo Forghieri Vidal, diretor de soluções de talentos da Randstad.

Retenção de talentos: como manter os melhores?

Os profissionais são mais desejados (e procurados) do que nunca, mas como mantê-los a longo prazo dentro de sua empresa? Há estratégias de retenção de talentos que podem lhe responder como manter firme e motivado um bom funcionário, mesmo em equipes menores que precisam desesperadamente de boas pessoas para lidar com a carga de trabalho.

Os cortes de pessoal têm um impacto adicional nas equipas, do qual os gestores de pessoas devem estar atentos. Quando as condições de trabalho são más, os trabalhadores mais qualificados são os primeiros a pedir o despedimento, porque possuem as competências e a experiência necessárias para reingressar no mercado. Segundo pesquisa realizada pela RH Robert Half, o Brasil teve um aumento na rotatividade em relação ao período pré-pandemia, conforme afirmaram 56% dos executivos entrevistados. O país teve a maior rotatividade de todos os países estudados. Este mesmo estudo constatou que após a pandemia, a rotatividade voluntária – a sada de um trabalhador por pura vontade – aumentou de 33% para 48%.

A pressão sobre os gestores para reter as melhores pessoas está a aumentar e a Forbes consultou especialistas para reunir as melhores práticas de mercado para a retenção de talentos nas empresas.

  1. Flexibilidade de jornada e locais de trabalho

No Randstad Workmonitor 2023, 91,5% dos inquiridos enfatizaram a importância da flexibilidade em termos de horário de trabalho, enquanto 87,2% enfatizaram a importância da flexibilidade em termos de local de trabalho. Isto demonstra que, com o regresso à presença, os trabalhadores limitam severamente a sua flexibilidade. “Se uma organização tem um esquema ineguável de jornada 100% presencial, certamente será impactada pela rotatividade, pois as empresas disputam talentos com esses artifícios”, afirma Vinicius De Luca, presidente da divisão SulAmérica da empresa de consultoria organizacional Korn Ferry.

  1. Oportunidades de desenvolvimento profissional

A oportunidade de desenvolver competências e habilidades é muito valorizada pelos colaboradores e é o principal motivo para alguém permanecer na empresa. O relatório Korn Ferry “O Futuro da Aquisição de Talentos 2023” mostra que quando os profissionais têm essas oportunidades, eles retêm 34% mais talentos. Como resultado, uma das tarefas dos líderes é permitir a mobilidade interna através de planos de carreira concretos. “Investir em mobilidade dentro da empresa ajuda as organizações a atrair os melhores talentos, desenvolver pipelines mais diversificados, preencher vagas abertas e preencher lacunas críticas de competências”, afirma o CEO da Korn Ferry SulAmérica.

  1. Investimento EX (Employee Experience)

Para proporcionar um ambiente de trabalho positivo aos seus funcionários, as empresas devem implementar iniciativas de bem-estar, saúde mental e bem-estar. “É fundamental que as empresas forneçam soluções, benefícios e acordos únicos para atender às diversas necessidades e expectativas dos seus colaboradores”, afirma Diogo Forghieri Vidal. Ou então, a equipe de gestão de pessoas deve cuidar para que os colaboradores se sintam protagonistas e se identifiquem com a empresa que trabalha com eles para atender às suas necessidades pessoais e profissionais.

A Eduvem é a melhor plataforma para construção de Universidades Corporativas com uma experiência inovadora em aprendizagem e eventos digitais, somos uma excelente opção para instituições educacionais, empresas e instrutores independentes. Agende uma demonstração preenchendo o formulário abaixo:

  1. Atratividade Salarial

Num ambiente de demissões por medidas de corte de custos e reduções salariais, as empresas que oferecem comissões, bônus, benefícios corporativos ou bônus de desempenho atraem os funcionários mais qualificados. O relatório “Employee Experience” da FIA Business School revelou que, entre os profissionais inquiridos, a remuneração é um aspecto da permanência na empresa mais valorizado para os mais seniores do que para os mais jovens.

5. Estabilidade

Além da remuneração, é fundamental que a organização proporcione estabilidade para reter os seus melhores funcionários, uma vez que a incerteza económica gera o medo de perder a principal fonte de rendimento. De acordo com o Randstad Workmonitor, 95,9% dos entrevistados valorizam a estabilidade no emprego e 59,7% estão preocupados em perder o emprego. Com isso, a transparência sobre a situação financeira da empresa para o colaborador torna-se ainda mais importante.

  1. Promoção da missão e dos valores da organização

O estudo da FIA identificou o alinhamento com os valores como um dos principais motivadores para os funcionários trabalharem para uma organização específica. Para começar, valorizar as políticas de DE&I e o pertencimento dos funcionários em conjunto com a estratégia da empresa é fundamental para os valores e propósitos declarados da organização.

Esta é uma preocupação ainda mais premente para os millennials e a geração Z no mercado de trabalho; ao contrário dos seus antecessores, estão mais preocupados em mudar as culturas das organizações em que trabalham.

Esse artigo foi um insight a respeito da retenção de talentos no mercado atual. Se você gostou, não se esqueça de entrar em contato conosco!

O que é onboarding?

O que é onboarding? Onboarding é um termo em inglês que significa “embarque” ou “imersão” na cultura e no contexto da organização. Na área de recursos humanos (RH), o termo refere-se ao processo de integração dos funcionários recém-admitidos às rotinas da empresa. Isso é feito por meio do alinhamento de rotinas e valores, fator crítico para melhorar a gestão de pessoas dentro da empresa.

O que é onboarding?

Esse processo visa adequar os novos colaboradores e treiná-los para que exerçam suas funções com eficiência e estejam totalmente alinhados à cultura da empresa. Ele desempenha principalmente as seguintes funções: orientação, supervisão, acompanhamento e treinamento.

É fundamental que as empresas entendam que a integração não consiste em uma simples apresentação e conversa. Ele tem várias etapas e deve ser bem planejado pelo setor de RH. Como resultado, a organização pode colher os benefícios e resultados prometidos por esta valiosa ferramenta estratégica.

A importância do onboarding para as empresas

O RH deve reconhecer a importância e a necessidade de um processo de integração bem executado. Com as estratégias e técnicas empregadas, o setor consegue engajar os funcionários desde o momento em que chegam à empresa e abreviar o tempo de adaptação deles ao novo ambiente de trabalho.

Mas, qual é a importância desse processo? Pode parecer uma simples rotina de RH, mas uma integração efetiva permite que o colaborador alcance todo o seu potencial na empresa.

Com isso, tornou-se uma estratégia essencial no processo de gestão de pessoas para encontrar talentos, principalmente diante de um mercado cada vez mais competitivo pelos melhores profissionais. Além disso, ele pode trazer inúmeros benefícios para a organização.

Quais são as vantagens do onboarding para a organização?
Como dito anteriormente, são inúmeros os benefícios que esse processo de integração pode proporcionar para a empresa. Mas e eles? Veja abaixo os principais pontos:

Retenção de talentos

Com certeza, um dos benefícios mais importantes é a retenção de talentos. Isso porque atrair os melhores profissionais deve ser uma prioridade para qualquer negócio. Mesmo com incentivos financeiros e de benefícios, a organização deve buscar alinhamento com os valores organizacionais, bom engajamento da equipe e outros fatores fundamentais.

Por isso, a integração é uma das estratégias mais importantes para garantir que os funcionários queiram permanecer na empresa. Ela causa uma boa primeira impressão e promove um clima organizacional positivo, que contribui para o bem-estar dos colaboradores.

Volume de negócios reduzido

Outra vantagem é a redução do turnover, que é o índice de rotatividade dos funcionários dentro da empresa. O processo de integração sempre esclarece as rotinas do colaborador e o funcionamento da organização. Além disso, estabelece um forte vínculo com os recém-convertidos. Tudo isso contribui para o desejo do profissional de permanecer neste ambiente de trabalho.

Aumento de engajamento e produtividade

As técnicas utilizadas no processo de integração contribuem para o aumento do engajamento dos colaboradores. Ficam motivados ao saberem dos objetivos da empresa e de estarem realmente envolvidos nessa missão. Existe uma maior disponibilidade no início do seu dia, o que proporciona colaboradores mais produtivos e rentáveis.

Alinhamento Cultural e Propostas

Por fim, o processo de integração inclui algo que toda empresa deve buscar: alinhamento cultural e propostas. Finalmente, os funcionários recém-contratados começaram a aprender sobre a cultura da empresa, políticas organizacionais e outros fatores importantes. Isso ajudará o colaborador a se ajustar rapidamente às suas novas tarefas e evitar erros de iniciante.

Scroll to top