Transformação Digital

Como Organizar um Evento Virtual de Sucesso com Data Analytics

Entender como organizar um evento virtual de sucesso com Data Analytics é crucial. O famoso professor de matemática britânico e empresário de ciência de dados Clive Humby já dizia: “Os dados são o novo petróleo. (Assim como o petróleo) devem ser transformados em plástico, produtos químicos de gás, gás etc. negócio, então os dados precisam ser analisados e discriminados por seu valor.”

À medida que mais e mais pessoas adotam eventos virtuais para lidar com as interrupções causadas pela epidemia, há uma chance de os organizadores de eventos se beneficiarem das informações. Um dos aspectos mais atraentes dos eventos digitais é que eles produzem uma abundância de detalhes específicos de dados que ajudarão a determinar qual foi o desempenho do seu evento. Existem muitas maneiras de explorar o poder desses números, no entanto, três são notáveis.

Descubra o que os membros do seu público estão procurando — – e o que eles não estão

As informações do evento virtual ajudam você a entender melhor seus convidados individualmente e coletivamente. Por exemplo, ao rastrear registros semanais, você pode aprender sobre os dados demográficos mais valiosos do seu público e descobrir tendências. Além disso, você pode analisar os tipos de ingressos que tiveram bom desempenho em eventos anteriores e criar um plano de preços econômico. Também é possível determinar quais palestrantes, sessões e estandes são mais populares e os formatos de concurso mais apreciados, e o método preferido de socialização entre os participantes.

Seus convidados estão gostando da ocasião? Como Organizar um Evento Virtual de Sucesso? Qual sessão foi a mais popular? Número de participantes? Os participantes estão participando de enquetes? Em vez de ponderar, use os dados e análises do evento para obter respostas a esta pergunta e muito mais.

Certifique-se de que os patrocinadores saibam que colocaram seu dinheiro no lugar certo (como organizar um evento virtual de sucesso)

Os patrocínios contribuem significativamente para a receita geral do evento. É por isso que você deve fornecer a seus expositores e patrocinadores as métricas apropriadas que mostrem o valor que seu evento pode trazer. Para fazer isso, seu software de evento digital deve fornecer informações pertinentes, como estatísticas sobre anúncios de banner patrocinados, cliques de impressões exclusivas resultantes de anúncios colocados em locais diferentes e detalhes dos participantes.

Outra medida importante são os dados de tráfego do estande. Quantas pessoas compareceram? Quais foram suas ações? Eles pediram uma demonstração do produto? Tudo isso pode esclarecer o nível de visibilidade e as possibilidades de geração de leads que seus patrocinadores desfrutaram no evento. Isso ajuda você a construir um argumento convincente sobre o motivo pelo qual eles devem continuar patrocinando seus eventos.

As vantagens das reuniões virtuais são evidentes e permitem que você se conecte com um público maior com uma fração do custo dos eventos tradicionais e forneça melhores dados sobre audiência e informações.

Antes de definir seus KPIs, você deve saber o objetivo do evento, se o objetivo é aumentar o reconhecimento da marca, gerar leads qualificados ou aumentar o número de visitantes do seu site.

Aqui estão 7 KPIs para organizar um evento virtual de sucesso:

Registro do evento

O número de pessoas que se inscrevem é sempre um bom indicador para começar sua análise para qualquer evento, mas é igualmente importante medir isso em relação ao número de pessoas que se registram. Se houver uma grande diferença entre esses dois números, você deve gastar tempo para descobrir o motivo pelo qual as pessoas estão perdendo o tempo entre a participação e a inscrição.

Quanto tempo os participantes permaneceram online?

Outro importante indicador de sucesso é a retenção de presença. Você deseja que seus convidados fiquem mais engajados e passem mais tempo durante o evento. Não existe um padrão para determinar qual é a porcentagem “boa” de retenção, portanto, considere seus eventos anteriores para estabelecer um benchmark.

Taxa de resposta para pesquisas ao vivo

As taxas de resposta de enquetes ou pesquisas ao vivo são uma métrica importante para medir o nível de engajamento dos participantes – e, portanto, o sucesso dos eventos virtuais.

Campanhas de e-mail (Como Organizar um Evento Virtual de Sucesso)

As campanhas de marketing por e-mail são uma excelente maneira de alcançar seus participantes e seu público antes ou durante o evento, além de postar. Quase todas as plataformas de marketing pagas permitem determinar as métricas de desempenho de seus e-mails, como taxas de abertura, taxas de cliques e cancelamentos de assinatura.

Engajamento e menções nas mídias sociais

O envolvimento e as menções nas mídias sociais na hashtag ou página do seu evento são uma estatística crucial que pode ajudar a comprovar a eficácia do seu evento e é uma ideia benéfica para rastrear o número de menções e interações que você obtém por meio de sites de mídia social.

Clientes que compraram

É um KPI crucial para avaliar o sucesso de um evento, juntamente com a quantidade de leads qualificados e pipeline.

Receita gerada

Estimar a quantidade de receita que você ganha com a venda de ingressos ou patrocínios, dinheiro arrecadado e outros o ajudará a avaliar o ROI do seu evento em termos de dinheiro.

Como Organizar um Evento Virtual de Sucesso com Data Analytics

Determine o ROI ‘real’ (Como Organizar um Evento Virtual de Sucesso)

O retorno sobre o investimento (ROI) de um evento virtual não é apenas sobre o que você pode ganhar do ponto de vista financeiro do. Enquanto o rácio das despesas e a receita é um ponto de partida ideal para determinar o retorno financeiro do investimento, o ROI real depende dos objetivos do seu evento. Se você está desejando retorno em exposição de marca, por exemplo. Seu ROI não inclui apenas o valor que você ganha, bem como quaisquer marketing boca a boca e impacto de PR.

Da mesma forma, quando você estiver definindo os Indicadores Chave de Desempenho do seu evento (KPIs), examine a meta que espera alcançar. Você está procurando uma quantidade específica de lucro? Você deseja obter um alto nível de engajamento do seu público? Você está aumentando a discussão sobre um assunto ou atraindo membros para sua organização? As plataformas de eventos virtuais permitem monitorar todos os pontos de informação, além de fornecer análises completas. Em seguida, você pode acompanhar isso em relação às suas metas de ROI e avaliar como organizar um evento virtual de sucesso

Tecnologia para medir KPIs importantes de eventos híbridos e virtuais

Eduvem é a melhor plataforma para seus eventos híbridos, presenciais ou virtuais para empresas. Ao combinar a capacidade de imaginar, a tecnologia para criar um evento que seja envolvente, bem como medir os KPIs importantes para eventos, é possível mudar a forma como você e seus convidados veem os eventos e mudar a forma como você conduz os negócios.

KPIs Importantes para Eventos Virtuais e Híbridos

Quando você está organizando um evento presencial ou um evento virtual ou híbrido, você precisa das ferramentas certas para ajudá-lo a planejá-lo e também para avaliar o sucesso por meio de KPIs importantes para eventos.

Por que os KPIs para eventos virtuais e híbridos são tão importantes?

É simples, mas você precisa estar ciente se está atingindo seus objetivos. Como você determina o ROI do seu evento quando você não conhece o método pelo qual está medindo os resultados? O rastreamento de métricas de eventos vinculadas às metas que você definiu pode ajudar a comprovar esse ROI.

Monitorar o gerenciamento de eventos pode ser a melhor maneira de garantir um evento bem-sucedido e uma experiência repetível.

Eventos para branding e marketing de seu empregador são numerosos. Existem eventos internos e externos à empresa. Cada um tem seu próprio propósito. Eventos, reuniões e encontros são realizados para impulsionar o espírito da equipe. Eles auxiliam na apresentação de ideias sobre soluções para problemas atuais ou até mesmo discutem a direção futura do negócio. Eventos fora da empresa podem ser realizados para atrair novos talentos, expandir o reconhecimento da marca ou até mesmo estabelecer uma imagem.

Se você está ciente do que está tentando realizar, é possível medi-lo com precisão. Somente quando você souber a melhor maneira de medi-lo, você terá sucesso sempre.

Definir KPIs Importantes para Eventos Virtuais e Híbridos

Antes que você possa determinar os KPIs, é essencial primeiro estabelecer suas metas. Isso deve ser feito durante o estágio inicial de planejamento do estágio do evento , quando você identifica os principais motivos por trás de qualquer evento. Por exemplo, as métricas de desempenho do seu evento podem ser diferentes quando você está organizando eventos ambientalmente sustentáveis ​​para atrair ambientalistas. o evento híbrido que você organiza para empresas que lidam com petróleo e gás.

O primeiro passo é estabelecer o que você gostaria de realizar com o seu evento. Você planeja monitorar as métricas dos eventos, como participação, satisfação dos participantes, bem como novas cargas ou fechamento de contratos? Grave todos eles. Esta é a tela que você usará para o seu mapa final.

Selecione o objetivo que é mais importante do ponto de vista de uma empresa, nomeie-o como objetivo principal. Este é o principal indicador do sucesso da sua empresa. Em seguida, você deve considerar os outros objetivos e dividir sua importância. Certifique-se de que suas integrações de tecnologia de eventos sejam capazes de rastrear eventos da maneira que você deseja.

KPIs Importantes para Eventos Virtuais e Híbridos

Utilizando uma plataforma virtual para eventos, você pode acompanhar todos os aspectos que acontecem durante a sua celebração, seja presencial ou totalmente virtual, usando elementos virtuais dentro de um híbrido.

Quais são os KPIs Importantes para Eventos Virtuais e Híbridos?

Embora cada evento seja único, existem algumas métricas essenciais de gerenciamento de eventos que devem ser rastreadas. Aqui estão nossas principais seleções e a razão pela qual elas são tão importantes.

#1 Participantes do evento

Presença é um conceito simples É também uma das principais métricas dos eventos, não importa se é um evento presencial, um evento híbrido ou um evento virtual. Métricas de presença em eventos validam suas expectativas.

Qual a importância de medir o número de pessoas que participam de um evento?

A comparação do público estimado em relação ao público real lhe dirá a eficácia de seus esforços. Além disso, serve como base de cálculo, como custo por participante ou ROI. Além disso, rastreia a eficácia dos esforços promocionais antes dos eventos. Para eventos futuros, ele o ajudará a manter seus objetivos razoáveis.

Como você pode determinar a presença de um evento?

É possível contar bilhetes vendidos ou check-ins. Você pode contar a contagem manualmente ou empregar software para planejadores de eventos que cuidarão do trabalho para você.

#2 Aquisição

Muitas pessoas RSVP para o evento, mas não participam do evento. O rastreamento das métricas do evento, como participação e aquisição, pode ajudar a determinar a eficácia de suas atividades promocionais antes do evento e pode ser usado para planejar marketing futuro.

Por que medir a aquisição é tão importante?

Esse é um problema comum principalmente com eventos gratuitos. Ao medir a quantidade de aquisição do evento, você pode determinar o valor do seu evento para o público que pretende atingir.

Qual é a melhor maneira de medir a aquisição de eventos?

Isso é bastante simples. Você pode comparar a quantidade que RSVP (inscritos) com a quantidade de participantes que realmente estiveram na sua festa (participantes).

#3 Satisfação dos participantes (KPIs importantes para eventos)

A experiência dos participantes está entre os fatores mais cruciais que determinam o sucesso de um evento, este é um dos KPIs importantes para eventos que você precisa medir.

Por que medir a satisfação entre os participantes é importante?

Se seus convidados estiverem felizes e satisfeitos, eles terão uma impressão melhor de sua empresa e aprenderão uma coisa ou duas. Isso ajudará com sua marca e pode levar a uma maior publicidade.

Como você pode avaliar a satisfação dos participantes?

Enquetes e outras ferramentas de engajamento do evento ajudarão você a determinar se os participantes acharam que valeu a pena. Procure as menções nas mídias sociais sobre o evento. Utilize ferramentas baseadas na web para rastreá-los e avaliar o sentimento dos comentários. Além disso, observe o tom das observações sobre a própria marca. Confira os comentários anteriores e posteriores ao evento.

#4 Perfil demográfico do público-alvo

Se você conseguir atrair as pessoas mais adequadas, terá mais chances de ser bem-sucedido.

Por que é crucial medir o perfil demográfico do público-alvo?

Atrair as pessoas certas e estabelecer embaixadores da marca para o futuro pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos. A análise deste KPI ajudará você a determinar as características do grupo-alvo que podem ser utilizadas em ações subsequentes.

Como você pode determinar quantas pessoas fazem parte do seu público-alvo?

As ferramentas de eventos virtuais podem ajudar a identificar os participantes do seu sistema de gerenciamento de relacionamento com o cliente. Você também pode incluir perguntas relacionadas a dados demográficos no formulário de inscrição para ajudá-lo a categorizar esses participantes.

#5: Menções de mídia social

Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn. Seu evento também deve estar na lista. Você deve estar ciente de como as pessoas falam sobre isso.

Por que é um dos KPIs importantes para eventos?

Não importa se você gostaria ou não, a mídia social desempenha um papel importante para criar buzz e branding. As menções podem revelar tópicos de tendência, como a percepção pública da sua empresa.

Como você acompanha as menções nas mídias sociais?

Existem vários aplicativos na web que rastreiam as menções e avaliam o sentimento, são as chamadas ferramentas de Social Listening. Você pode usá-los para rastrear esse KPI.

#6 ROI (KPIs importantes para eventos)

O famoso ROI. É o termo usado para descrever o retorno de investimento do evento.

Qual a importância de medir o ROI?

Não se trata de caridade. Toda ação deve trazer efeito positivo para o negócio e o retorno financeiro está entre os principais elementos. Isso traz apenas mais um passo para responder à pergunta “O investimento valeu a pena?”

Qual é a melhor maneira de medir o ROI?

Some todas as despesas de organização do evento. Examine os custos do local do evento, bem como alimentação, alto-falantes, beacons, software, despesas e assim por diante. Considere todas as vantagens financeiras que sua empresa obteve ao sediar o evento. Dê uma olhada nos dois números e aí está o ROI.

Os benefícios de monitorar KPIs importantes para eventos

Monitorar sua localização no mapa de conclusão de metas fornece os dados necessários para descobrir o que está funcionando, o que não está ou o que você deve fazer mais ou menos durante as atividades futuras.

Ele mostrará se as etapas que você executou para organizar e criar um evento são eficazes. Se as coisas não acontecerem como planejado é possível mudar e se adaptar à situação atual.

Nem todo evento é perfeito e você não deve ter medo de notícias negativas. Na verdade, pode ser uma oportunidade de ganhar. Já ouvimos “se eu soubesse disso antes?” Esse é o seu sistema de informação inicial!

Outro benefício é que, ao definir metas e KPIs, você poderá controlar com mais eficiência quem está participando do seu evento. Está certo. Estudantes de medicina não estão presentes no evento de TI! Isso pode parecer trivial, no entanto, alterar a demografia é vital se você deseja maximizar o custo para a organização ou os organizadores do evento. Elimine o marketing para quem não se interessa pelos temas que você apresenta e certamente não o ajudará a atingir seus objetivos.

Além disso, monitorar o desempenho do gerenciamento de eventos é essencial para determinar o ROI dos eventos. Mas, o ROI do investimento por si só pode não ser suficiente para decidir se valeu a pena planejar um evento específico. Outros KPIs podem ajudar a aumentar a imagem.

Não menos importante, os números são a linguagem universal que todos os departamentos podem compreender. O gerenciamento de eventos requer a cooperação de vários indivíduos. Um sistema de KPI claro ajuda a eliminar quaisquer falhas de comunicação e mantém todos focados nos objetivos.

A análise de dados não é o domínio de especialistas em SEO ou contadores. Cada pessoa envolvida na administração de um evento deve usá-lo para atingir seus objetivos e monitorar seu progresso.

Tecnologia para medir KPIs importantes de eventos híbridos e virtuais

Eduvem é a melhor plataforma para seus eventos híbridos, presenciais ou virtuais para empresas. Ao combinar a capacidade de imaginar, a tecnologia para criar um evento que seja envolvente, bem como medir os KPIs importantes para eventos, é possível mudar a forma como você e seus convidados veem os eventos e mudar a forma como você conduz os negócios.

6 Passos para uma Transformação Digital da Capacitação Corporativa

6 Passos para uma Transformação Digital em Capacitação Corporativa

Ao longo dos últimos 10 anos na última década, tornou-se cada vez mais crucial para as empresas adotar transformações digitais em seus planos de treinamento. Foi um choque para todos que a pandemia do COVID-19, bem como a quarentena que trouxe, forçaram especialistas de todo o mundo a se isolarem e trabalharem em suas casas. Isso tornou a transformação digital mais urgente.

Há uma variedade de fatores que impulsionam as empresas de treinamento a acelerar sua transformação digital, principalmente com base no seguinte:

  • Para que as empresas implementem com sucesso as estratégias de crescimento, os programas de aprendizado corporativo precisam se desenvolver.
  • A inteligência artificial e a automação (IA) exigirão ou provavelmente exigirão que milhões de trabalhadores atualizem suas habilidades.
  • Mais e mais trabalhadores estão trabalhando remotamente e os departamentos de recursos humanos (RH) estão reconhecendo os benefícios de expandir seu conjunto de talentos fora dos limites de suas áreas locais.

Os líderes que pensam no futuro reconhecem que voltar ao normal anterior é um erro. Eles reconhecem que a criação de uma nova norma que é desencadeada por meio da digitalização dos programas de educação da empresa é o passo inicial para aumentar suas vantagens competitivas.

Transformação Digital: A Necessidade de Capacitação Corporativa do Momento

A ciência revelou como os humanos aprendem, como projetar atividades para atender às suas necessidades e avaliar seu progresso. No passado, usamos essas informações para tornar o ambiente de aprendizado síncrono de reuniões presenciais o método preferido de treinamento. O que todos sabíamos antes de 2020, e também o que outros perceberam desde o início do COVID-19, a pandemia do COVID-19 é que o processo não é tão fácil quanto comprar uma conta de reunião on-line para atualizar os programas de treinamento corporativo para atender às necessidades de um local de trabalho cada vez mais digital e virtual. Aprendizagem através da tecnologia digital Assíncrona ou síncrona e assíncrona, é fundamentalmente diferente da aprendizagem presencial.

Como você pode preparar sua Organização para uma Transformação Digital de sucesso

Utilize este guia em seis etapas quando começar a transformar seus programas de treinamento corporativo.

Passo 1: Alinhamento

Os profissionais de aprendizagem e desenvolvimento (T&D) frequentemente começam escolhendo uma plataforma adequada. Antes de decidir qual plataforma escolher, os gerentes de treinamento devem se perguntar:

  • Quais são os objetivos que temos em nossos programas de educação?
  • O que estamos fazendo para avaliar a eficácia de nossos programas de educação?
  • Qual é o valor do nosso negócio?
  • Quão próximo alinhamos nossos objetivos de aprendizado com nossas métricas de desempenho corporativo?

As respostas a essa pergunta ajudarão a informar a mudança digital no plano de aprendizado corporativo.

Passo 2: Avalie e obtenha o endosso Participação Ativa de sua Liderança Corporativa

Sem o apoio do C-suite, qualquer tentativa de modernizar os programas de educação da sua empresa será um fracasso. Quando os vice-presidentes e executivos-chefes não sabem das atividades que você está implementando, a iniciativa provavelmente fracassará. Se o CEO fizer parte do plano de transformação digital, no entanto, as chances de sucesso serão maiores. Quando os gerentes de nível médio aceitam a orientação dos executivos e implementam o plano.

Passo 3: Invista na criação de um Ambiente de Aprendizagem Digital (Transformação Digital da Capacitação Corporativa)

Embora obter o apoio e o comprometimento de sua equipe de liderança sênior seja vital para o processo de aceleração dessa jornada digital, é essencial investir em ferramentas de gerenciamento de mudanças para as outras partes interessadas, por exemplo, os especialistas no assunto (PMEs) e treinadores. Sem esses planos implementados, será difícil manter o ritmo e obter o retorno do investimento (ROI) desejado. Comece lançando campanhas de conscientização que destaquem a importância da mudança e descrevam claramente como ela pode beneficiar a empresa.

Passo 4: concentre-se na agilidade para gerenciar a crescente taxa de mudança

Se você estiver trabalhando para aprimorar digitalmente seu programa de treinamento corporativo, lembre-se de que a solução que você escolher implementar deve ser fluida. O foco deve ser nas pessoas, na cultura e nas estratégias.

O ritmo das mudanças está aumentando e 2020 trouxe até agora a quarentena do COVID-19 e o trabalho remoto. É difícil prever o futuro – apenas que algo irá ocorrer. Uma abordagem rígida que não permite a capacidade de fazer mudanças rápidas em seu curso, por menor que seja, pode ser improdutiva.

Passo 5: utilizar uma metodologia de design iterativo para criar o plano de transformação digital

Aceite que sua estratégia requer uma mudança e, em seguida, gaste o tempo para realizar uma análise cuidadosa das maneiras de alterá-la. Desenvolva um sistema de aprendizado e teste, além de comemorar as falhas. aprender com outras organizações.

Passo 6: invista em soluções ingênuas e imersivas para criar seu plano de Transformação Digital da Capacitação Corporativa

Com a dinâmica atual que está afetando o local de trabalho, como um ambiente em mudança e principalmente os alunos remotos, desenvolva um plano de transformação digital que:

  • Use principalmente o aprendizado on-line individualizado, na forma do método móvel de aprendizado, bem como aplicativos.
  • Crie soluções de aprendizagem móvel que podem ser pequenas, pequenas e orientadas para a ação. Use o método de microlearning e faça uso de vídeos e vídeos interativos em particular.
  • Utilize técnicas de aprendizagem imersivas, incluindo o mundo virtual ou aumentado (VR/AR) e gamificação. experiências de aprendizado personalizadas, interatividade, histórias interativas e o uso de cenários em seu aprendizado. Faça uso deles em todos os programas de aprendizado conduzido por instrutores virtuais (VILT), aprendizado misto ou e-learning.
  • Determine os programas de sala de aula que você precisa para mudar para VILT. Durante esse processo, lembre-se de dividir as sessões em várias sessões mais curtas (não mais de 30 ou 45 minutos) para manter o foco dos alunos remotos.
  • Determine quais programas precisam do uso de uma abordagem combinada, que inclui o VILT facilitado com eLearning individualizado. Tenha em mente que essa tarefa precisará repensar a pedagogia digital para alcançar os mesmos objetivos de aprendizagem.
  • Não limite seu aprendizado apenas à educação formal. Considere investir em jornadas de aprendizado que ofereçam reforço, auxílios de aprendizado just-in-time e oportunidades de treinamento e prática.
  • Dê estímulos para aprender de forma autodirigida, fornecendo recomendações e fontes de curadoria.
  • Faça uso do poder da educação social.

Avaliar os objetivos corporativos, que incluem os do C-suite, bem como de outras partes interessadas; usar ciclos de testes iterativos e ser ágil são elementos essenciais para implementar com sucesso uma transformação digital. Faça investimentos em métodos de aprendizado que sejam imersivos e o ajudarão a alcançar os ganhos desejados, como aprendizado contínuo, implementação mais eficaz no trabalho ou mudanças comportamentais e/ou melhoria de desempenho.

No entanto, pense na revolução digital como um processo contínuo e contínuo. Deve ser parte integrante da cultura do seu negócio. Se você for bem-sucedido, manterá a vantagem competitiva do seu negócio.

A Eduvem oferece de forma integrada aos profissionais de RH de melhorar a comunicação do RH no trabalho através de tecnologias inovadores de onboarding e employee experience.

7 Formas de Melhorar a Comunicação do RH no Trabalho em 2022

Neste artigo, discutiremos a importância da comunicação de RH e forneceremos 7 estratégias para melhorar seu plano de comunicação de RH. Se seus funcionários desejam saber mais sobre o processo de avaliação de desempenho e suas vantagens, bem como o que é progressão na carreira ou quaisquer iniciativas futuras em toda a empresa, eles procuram a ajuda do RH.

Lidar com todas essas solicitações pode ser difícil mesmo para empresas que possuem uma grande quantidade de profissionais de RH na empresa. No entanto, é responsabilidade do RH pedir aos funcionários regularmente para fornecer feedback, compartilhar os sucessos dos funcionários e criar uma cultura à qual os funcionários se sintam conectados.

O papel crítico da comunicação de RH é crucial para o sucesso da organização

Há muitas maneiras pelas quais as comunicações de RH podem ser usadas para ajudar no sucesso de um negócio. Aqui estão os mais importantes:

  • Uma melhor compreensão das funções e responsabilidades. Os funcionários fazem o seu melhor quando entendem o que se espera que eles façam. A comunicação de RH ajuda a garantir que os funcionários estejam cientes das condições e termos de seu trabalho e entendam o que precisam fazer para serem promovidos. Um caminho claro para o sucesso, repleto de trabalhos interessantes e desafiadores, inspirará lealdade e comprometimento.
  • Aumento do moral e do engajamento dos funcionários A comunicação de RH não é apenas uma via de mão única. Um dos elementos-chave de uma ótima estratégia de comunicação de RH é solicitar informações dos funcionários. A capacidade de dar voz aos funcionários levando em consideração suas preocupações e respondendo às suas preocupações e implementando feedback permite que os funcionários saibam que você os valoriza e melhora o engajamento. Sua equipe de RH deve se concentrar em estabelecer esse relacionamento entre seus funcionários ao longo do tempo dentro da empresa. Isso inclui encontrar maneiras criativas e atraentes de se conectar com os funcionários durante o recrutamento e a integração, bem como depois.
  • Um número menor de conflitos – Garantir que todos estão jogando pelas mesmas regras pode reduzir a chance de mal-entendidos. Manter a mesma mensagem consistente e criar uma cultura de aceitação pode ajudar a reduzir as chances de ações judiciais ou reclamações. Se surgirem problemas, certifique-se de ouvir os funcionários e solicitar a opinião de todas as partes interessadas para determinar como proceder.
  • Um aumento no resultado final: a padronização dos processos de RH melhora a eficiência, reduz custos e elimina silos. Ao lançar sua estratégia de comunicação de RH, você deve identificar as áreas mais importantes que precisam ser alinhadas em toda a empresa e avaliar a eficácia do seu plano nos próximos anos ou nos próximos trimestres.

7 maneiras de melhorar a comunicação do RH

Garantir que todos em sua empresa estejam no mesmo barco é uma tarefa enorme. Mas é factível e os benefícios são enormes. Aqui estão sete estratégias para criar ótimos processos de comunicação de RH para alcançar exatamente o que você deseja.

1. Encontre maneiras de convencer a liderança

Suas ideias mais inovadoras não podem ir a lugar nenhum sem a ajuda e o incentivo da liderança. Eles dão um exemplo para seus funcionários e membros da equipe admiram e seguem sua liderança. Certificar-se de que a liderança esteja envolvida é essencial para estabelecer sua estratégia de comunicação e garantir que todos participem.

Comece olhando para os números. Concentre-se no que o C-suite está realmente preocupado. Não se trata de quanto custa acelerar seus processos de comunicação de RH, mas do potencial retorno sobre o investimento que a liderança provavelmente observará. Sua proposta deve ser apresentada nestes termos para quantificar com mais precisão os possíveis resultados.

Passe algum tempo estudando os relatórios, bem como os estudos de caso, a fim de descobrir maneiras de estimar o ROI futuro e avaliar seus sucessos atuais. Tente implementar um programa piloto inicial e, em seguida, colete o feedback dos funcionários. Explique à liderança que este é apenas o começo do que você pode criar com um programa completo. Certifique-se de explicar por que isso é algo que os funcionários gostariam e gostariam de participar. Se você tiver os fatos para apoiar suas reivindicações e a liderança apoiar o plano para melhorar a comunicação de RH a longo prazo.

2. Sua estratégia de comunicação deve estar alinhada aos objetivos da sua empresa

Tal como acontece com a tripulação, todos em seu negócio devem estar remando exatamente no mesmo curso. Integrar a comunicação de RH com os objetivos da sua empresa vai amarrar tudo nas mentes dos funcionários. Se sua organização está tentando atingir uma meta, os processos e comunicações de RH devem estar alinhados com isso.

Ao coordenar sua comunicação de RH com as prioridades de sua empresa, comece certificando-se de que você esteja se concentrando nos valores centrais da empresa. Mais de 75% dos funcionários acham que é “muito crucial” ser empregado de uma empresa que estabeleceu os valores fundamentais. Cada e-mail relacionado a RH, anúncio para todos, bem como uma mensagem de pesquisa do Slack, deve refletir a visão e a missão da sua organização. Além disso, o RH pode se basear nesse método recompensando os funcionários que aderem aos valores do seu negócio. Ao fazer isso, reforçará o comportamento positivo e conectará ainda mais os valores e objetivos dos funcionários aos valores do seu negócio.

3. Tome decisões com base no feedback dos funcionários

O RH deve ser claro sobre como administrar o negócio de forma eficaz, bem como avaliar o desempenho e também como atrair funcionários. No entanto, as opiniões dos membros da equipe são essenciais para orientar essas decisões também. Já que são os colaboradores que devem aderir a esses princípios dentro de suas rotinas de trabalho. Muitas empresas acreditam que estão fazendo um ótimo trabalho ao prestar atenção aos funcionários enviando uma pesquisa anual de engajamento.

Embora seja um bom ponto de partida, não deve ser o objetivo final. As equipes de RH devem frequentemente procurar e ajudar os gerentes na implementação dos comentários dos funcionários. Envolver os funcionários de maneira tangível está entre os principais impulsionadores do engajamento. Um colossal 90% dos funcionários tende a ficar com a empresa que coleta e age de acordo com o feedback.

No entanto, enviar e-mails para os funcionários todos os dias para pedir feedback não é a solução. Em vez disso, você deve considerar o uso de ferramentas como pesquisas de pulso e chatbots inteligentes do RH, especialmente como parte de um programa abrangente de engajamento de funcionários que permite uma ação rápida sobre os resultados das pesquisas para ajudar a destacar sua empresa da multidão.

Pesquisas anônimas específicas e concisas da pesquisa Pulse fornecem um instantâneo de como os membros de sua equipe se sentem em relação a uma questão ou decisão específica. A realização de pesquisas mensais ou em um padrão recorrente diferente mostrará como os funcionários estão respondendo às principais iniciativas a tempo. Se você não estiver obtendo os resultados desejados, poderá fazer alterações rapidamente, antes de problemas que possam ter um grande impacto em seus negócios.

Canais de feedback inteligentes e constantemente ativos, como chatbots de RH com inteligência artificial, fazem perguntas constantemente aos funcionários sobre o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, relacionamentos com o chefe e carga de trabalho. Ao contrário do pessoal de RH, os chatbots são capazes de responder a perguntas comuns e interagir com os funcionários durante todo o dia. Eles também obtêm conhecimento do que os funcionários dizem a eles, analisando feedback e fazendo recomendações ou trazendo problemas que dizem respeito à equipe aos gerentes.

A Eduvem oferece de forma integrada aos profissionais de RH de melhorar a comunicação do RH no trabalho através de tecnologias inovadores de onboarding e employee experience.

4. Conecte os funcionários para facilitar a colaboração

O trabalho em equipe é o que faz os sonhos funcionarem. No entanto, a colaboração requer relacionamentos genuínos entre os funcionários. Eles devem acreditar que seus colegas são confiáveis ​​e responsáveis ​​e estarão dispostos a estar atentos sem fazer julgamentos rápidos. Os funcionários devem sentir-se à vontade para buscar ajuda sempre que precisarem, querer ajudar os outros que precisam e ser capazes de reconhecer as conquistas de seus colegas.

Pense em adicionar algumas dessas características em seus valores fundamentais. Além disso, certifique-se de reconhecer exemplos de funcionários que são altamente produtivos e gerentes que demonstram isso no trabalho. Além disso, crie o hábito de reconhecer os funcionários durante o Dia de Valorização dos Funcionários, o Dia Internacional da Mulher e o Dia do Chefe. Você pode tornar a apreciação parte integrante do ambiente de trabalho diário de seu funcionário desenvolvendo um programa de reconhecimento baseado em software de reconhecimento amigável para dispositivos móveis e fácil de usar.

O RH também pode ajudar no trabalho em equipe por meio de mentoria, bem como programa de coaching. Eles podem ajudar os novos funcionários a se familiarizarem com a empresa e fazerem novos amigos, além de oferecer aos funcionários que desejam avançar em suas carreiras ou fazer a transição para novas funções a quem eles podem recorrer para orientação.

Além disso, o RH deve criar oportunidades para destacar os acontecimentos positivos em todos os departamentos, incluindo todas as reuniões manuais ou horários de expediente online. Isso não apenas elimina os silos, mas também ajuda os funcionários a fazer melhor seu trabalho, faz com que as pessoas se sintam envolvidas e promove a colaboração entre os departamentos. Essas estratégias são particularmente benéficas para envolver trabalhadores remotos, pois muitos funcionários que trabalham em casa se sentem solitários e com sentimentos de desengajamento.

5. Apoiar e promover iniciativas importantes

O que as pessoas saberão sobre as iniciativas maravilhosas que os funcionários e o RH estão realizando quando você não as torna públicas? Para chamar a atenção de todos é essencial promover iniciativas importantes de RH, como grupos de funcionários, iniciativas de engajamento de funcionários e, talvez o mais importante, seu programa de reconhecimento. Os funcionários querem saber que estão sendo ouvidos e apoiados por sua empresa e o RH deve mostrar liderança ao mostrar os esforços dos funcionários. Considere um sistema de reconhecimento que inclua ferramentas como um feed de notícias para toda a organização, o que facilita o processo de destacar funcionários e iniciativas.

6. Treinamento de funcionários e líderes sobre as melhores práticas

Funcionários e líderes são treinados em como se comunicar deve ser uma prioridade de RH. Saiba como seus gerentes podem maximizar o valor de cada interação com os funcionários em vez de se apressar para concluí-las. Os funcionários gostariam de ser ouvidos por seus gerentes e esperar feedback específico. A falta de compreensão, as respostas insinceras sinalizam desrespeito e são difíceis de entender e acompanhar.

O RH deve incentivar a gerência e os supervisores a prestar atenção aos subordinados diretos de seus gerentes. Eles não estão em campo e não têm contexto para as situações que ocorrem. Em vez de se apressar para resolver um problema, os executivos devem ser pacientes até que tenham uma compreensão completa da situação e possam determinar qual é a raiz do problema.

Os líderes também devem ter em mente a importância da transparência. É muito mais fácil falar do que fazer, principalmente se o seu negócio estiver em extrema necessidade. No entanto, se a pandemia revelou alguma coisa é que as pessoas estão impressionadas com a transparência. Os funcionários são capazes de detectar comunicações falsas, o que pode gerar descontentamento e suspeita. Em vez disso, comunique detalhes importantes com os membros de sua equipe e mostre responsabilidade.

7. Melhorar a Comunicação do RH durante todo o processo de onboarding

Se você está começando seu novo emprego, é fácil ser como se fosse um peixe na água. Não há ninguém que você conheça ou saiba quais são seus deveres e muitas vezes é difícil saber de quais informações você precisa. A integração é o momento em que as comunicações de RH podem brilhar. Uma mensagem de RH bem elaborada causa uma excelente impressão nos novos funcionários e os ajuda a seguir o caminho certo.

Além dos deveres do trabalho Discuta as normas culturais e o ciclo típico de feedback, bem como apresente seus funcionários aos membros da equipe que fazem parte dos recursos humanos para funcionários. Novos funcionários devem se inscrever em qualquer sistema de amigos ou treinamento que você possa empregar também. A cada dois dias, você deve entrar em contato com os funcionários para determinar como eles estão lidando com o AI, especialmente se estiverem integrando à distância.

Certifique-se de que os gerentes também estejam envolvidos no processo de integração. Instrua-os a planejar encontros individuais regulares, com novos subordinados diretos e, em seguida, atribua aos novos funcionários uma tarefa a ser concluída nas primeiras semanas. Isso lhes dá algo pelo que lutar e os ajuda a se sentirem parte integrante do grupo.

Além disso, não se esqueça dos novos funcionários a caminho de serem considerados novos funcionários. Empreiteiros que se formaram como funcionários em tempo integral, recém-casados ​​​​que retornam de licenças de paternidade ou maternidade, colegas de equipe que estão voltando para casa após uma ausência médica, bem como funcionários do Boomerang, podem se sentir desvalorizados e indesejados. Eles devem se sentir bem-vindos implementando procedimentos de integração que atendam aos seus requisitos específicos.

Melhorar a Comunicação do RH por meio da tecnologia (RH Techs)

Para implementar uma comunicação de RH de alta qualidade, ela deve fazer parte de todas as fases do ciclo de vida do funcionário. Não é fácil para o RH garantir que eles mantenham uma linha de comunicação consistente, reconhecer aqueles na equipe que incorporam os valores de sua organização e obter feedback da opinião de cada funcionário sobre como eles podem melhorar seu trabalho à medida que se mantêm no controle de suas tarefas diárias.

A Eduvem oferece de forma integrada aos profissionais de RH de melhorar a comunicação do RH no trabalho através de tecnologias inovadores de onboarding e employee experience.

Tendências para Eventos em 2022 – Virtuais, Híbridos e Presenciais

À medida que as pessoas começaram a participar de muitos outros eventos virtuais, surgiram tendências para eventos virtuais, híbridos e presenciais em 2022. Em vez de participar de um evento presencial, o mundo mudou para um evento virtual. As empresas correram para encontrar o sistema virtual mais adequado para hospedar eventos que vão além da conferência.

As pessoas começaram a procurar uma experiência virtual mais robusta, mais no modelo de um evento comercial. Isso aumentou o padrão do que os organizadores de eventos virtuais precisavam oferecer por meio de sua plataforma de eventos online.

A maioria dos profissionais de marketing e participantes pesquisados ​​tinham opiniões divergentes sobre os eventos. O comparecimento aumentou significativamente para eventos virtuais. Os custos do evento foram reduzidos significativamente tanto para quem os colocou quanto para quem compareceu. Mas, muitos não obtêm a interação pessoal que os eventos presenciais proporcionam. Um estudo descobriu que 80% das pessoas que participaram de eventos virtuais não participaram de eventos presenciais.

É por isso que muitas empresas criaram o sistema de eventos multifacetado para oferecer uma combinação ideal dos dois.

Embora os eventos virtuais façam parte da estratégia de quase todos os profissionais de marketing de eventos, os eventos híbridos estão sendo abraçados pela mídia. As tendências em eventos virtuais para 2022 incluirão a mistura desses modelos para criar o evento mais híbrido. 70% dos planejadores acham que os eventos híbridos são mais populares do que nunca.

Tendências para eventos híbridos em 2022

A maioria dos planejadores de eventos planeja investir mais em eventos híbridos nos próximos anos. Quanto maior o negócio, maior a probabilidade de organizar eventos híbridos que misturam a experiência presencial com uma plataforma digital. Sessenta e três por cento das empresas que têm entre 2.000 e cinco mil funcionários afirmam que os eventos híbridos fazem parte de seu portfólio de eventos daqui para frente. Para empresas com mais de 5.000 funcionários, 71% dos entrevistados estão aumentando o número de eventos híbridos que organizam. Não são apenas as maiores empresas que estão mudando seu foco para eventos híbridos. Mais da metade das empresas que empregam menos de 1.000 pessoas também planeja lançar uma plataforma de eventos híbrida para expandir o alcance de seu público.

Se você está procurando um software de eventos híbridos, você não está sozinho. 21% dos profissionais de marketing estão procurando software de local virtual para hospedar eventos virtuais.

As vantagens dos eventos híbridos

Hospedar um evento presencial e uma conferência virtual permite maximizar seus lucros. Os locais híbridos permitem que as empresas que reduziram suas despesas de viagem possam participar, oferecendo todos os benefícios dos eventos ao vivo. Na maioria das vezes, os organizadores de eventos estão relatando aumentos significativos no comparecimento, bem como aumento nas receitas.

Além de aumentar a participação e a receita, existem muitas outras vantagens que os eventos híbridos podem oferecer. Uma delas é mais dados e melhor análise do software virtual utilizado para o seu evento híbrido. Isso fornece aos planejadores, patrocinadores e expositores mais informações sobre os participantes do evento e é o conteúdo mais popular que atrai as pessoas. Você pode acompanhar quase todas as métricas que desejar.

Em 2022, espere que eventos híbridos:

  • Integrem perfeitamente a tecnologia que permite a interação entre o público ao vivo e os membros do público virtual
  • Desenvolvam ativos virtuais que possam ser visualizados a qualquer momento, expandindo sua popularidade
  • Criem uma experiência única e compartilhada para participantes virtuais e presenciais
  • Aumentem o número de expositores e oportunidades de patrocínio

78% dos patrocinadores corporativos afirmaram ser a favor de eventos híbridos.

Tendências de eventos virtuais para 2022

Os eventos virtuais não vão desaparecer No entanto, eles não vão desaparecer. Na verdade, você pode esperar muito mais eventos virtuais. A conveniência de criar eventos virtuais e o baixo custo facilitam para as empresas organizar e gerenciar reuniões virtuais em tamanho maior. Mesmo que os eventos presenciais voltem com força total, 71% dos planejadores de eventos dizem que continuarão usando o método digital para eventos virtuais.

Em 2022, você pode esperar eventos virtuais que incluirão:

  • Eventos virtuais são mais frequentes e microeventos
  • Mais atenção para grupos menores e conteúdo mais personalizado
  • Conferências de tamanho conveniente e conteúdo sob demanda
  • Componentes de redes sociais e redes virtuais
  • Escolhas mais flexíveis para participação

Muitas empresas estão mudando seu foco do crescimento da receita para plataformas de publicidade completas. Por exemplo, a Microsoft organizou um evento presencial em 2019 que teve milhares de participantes que pagaram US$ 2.395 pelo privilégio de participar. Com base no Event Leadership Institute, a Microsoft permitiu que os participantes assistissem online em 2020. Quase 200 pessoas estavam presentes.

O aumento maciço de público e a um custo pequeno, criou uma poderosa oportunidade de marketing que não seria possível sem os tradicionais eventos presenciais. Embora nem todos tenham experimentado o mesmo aumento dramático da transição de atendimento entre eventos virtuais e presenciais para eventos estabelecidos, geralmente resulta em um aumento de 30% no atendimento.

O futuro da tecnologia de eventos em 2022

Para um evento superior, os participantes precisarão ter uma plataforma de local virtual sólida que possa oferecer um evento virtual e híbrido. Quando os planejadores de eventos lutaram para organizar eventos híbridos e virtuais, muitos correram para localizar o melhor software de eventos online. 40% dos planejadores de eventos admitem que estão insatisfeitos com as opções de tecnologia que encontraram. Talvez seja por isso que 64% dos planejadores de eventos entrevistados relataram que têm dificuldade em criar eventos digitais.

Para hospedar eventos híbridos, os organizadores do evento devem escolher a pilha de tecnologia apropriada. Embora a maioria dos locais de eventos tenha a tecnologia e os equipamentos necessários para realizar eventos presenciais, apenas alguns (se nenhum) possuem uma plataforma de eventos virtuais eficaz para gerenciar eventos híbridos, o que é exatamente uma das tendências para eventos em 2022.

Planeje mais investimentos em software de eventos híbridos que:

  • Certifique-se de que os participantes tenham uma experiência perfeita para os participantes.
  • Ofereça uma experiência única para incentivar o engajamento
  • Impulsione a interação do público
  • Crie uma comunidade que seja persistente com um evento pós e pré-evento
  • Forneça conjuntos de dados avançados
  • Melhore sua experiência com matchmaking, agendamento e uso de gamificação

Os organizadores de eventos precisam de uma solução híbrida para o seu evento que dê conta de todas as tarefas que você precisa, desde o registro até a execução do evento e até o acompanhamento pós-evento. O software deve ser fácil de usar e ainda proporcionar uma experiência emocionante. Além disso, ele deve coletar os dados vitais que você precisará para analisar seu evento e agregar valor muito tempo após o término do evento híbrido ou virtual. A solução de eventos híbridos mais eficaz permite que você personalize seus eventos virtuais para criar conexões em tempo real.

A plataforma que une tendências para eventos virtuais e híbrida mais eficaz

Eduvem é uma ferramenta poderosa para realizar eventos híbridos e virtuais. O método mais inteligente para realizar eventos virtuais. Ajudamos você a criar eventos incríveis para se conectar com seu público e transformar ideias em larga escala em resultados práticos.

23 Métricas de RH para Mensurar e Observar

Para ter sucesso com suas métricas de RH, uma estratégia orientada por dados é crucial. Ele fornecerá à sua empresa informações valiosas sobre contratação, design de trabalho, remuneração, educação de funcionários e muito mais.

Ao acompanhar as principais métricas de RH, é possível determinar onde sua empresa está tendo um bom desempenho e quais áreas precisam ser aprimoradas. Aqui estão 23 métricas de RH importantes que você deve analisar e medir.

23 Métricas de RH para Mensurar e Observar

O processo de recrutamento (Métricas de RH)

Os recursos humanos são o núcleo do seu negócio. Ao recrutar as pessoas certas para sua organização, você pode construir um ambiente produtivo, positivo e positivo que pode levar a um crescimento e sucesso incomparáveis. A integração é igualmente importante para os novos funcionários, pois eles precisam estar cientes de suas funções para serem bem-sucedidos. Essas medidas são ótimos indicadores da qualidade do processo de contratação.

O momento certo para empregar

O tempo de contratação refere-se ao período de tempo que decorre entre o momento em que um candidato foi contatado pela primeira vez pela empresa e o momento em que ele aceita uma oferta de trabalho. Se o seu tempo de contratação não for suficiente, é provável que haja problemas com seu processo de contratação.

Custo por hora

O valor total necessário para obter um novo funcionário a bordo é chamado de custo por contratação. Isso inclui despesas de publicidade junto com taxas de realocação e outros custos associados ao preenchimento de uma posição. O custo por contratação pode ajudá-lo a desenvolver ou acompanhar seu orçamento para recrutamento e a determinar se você está gastando demais.

Rotatividade de funcionários

A taxa de rotatividade de funcionários é a quantidade de funcionários que deixam sua empresa por vontade própria ou por conta própria durante um tempo decorrido. A alta rotatividade de funcionários é um sinal de más opções de integração e recrutamento. Como é mais caro recrutar novos funcionários do que manter os que você já possui, uma baixa taxa de rotatividade é essencial.

Novas taxas de falha de contratação

O melhor método para determinar se a contratação de novos membros da equipe está funcionando é determinar a taxa de falha de novas contratações. Embora existam muitas razões pelas quais as novas contratações podem falhar, as razões mais frequentes são a falta de habilidades apropriadas necessárias para fazer o trabalho, falta de desejo de ser bem-sucedido e dificuldades em aceitar feedback. Uma taxa de reprovação excessiva pode ser um sinal de problemas com seus esforços de recrutamento.

Tempo desde a última promoção

O tempo desde a última promoção mede o número de meses que se passaram desde a última promoção do funcionário em sua empresa. É importante pensar na possibilidade de manter os colaboradores satisfeitos e melhorar as taxas de retenção. Quando um funcionário não tem a oportunidade de ser promovido por algum tempo, ele pode ser atraído a procurar outro emprego fora de sua organização.

Feedback dos funcionários (Métricas de RH)

Para obter feedback dos funcionários, é necessário entrar em contato com esses funcionários pessoalmente e solicitar suas opiniões. Embora existam várias maneiras de coletar feedback, as pesquisas de pulso e o canal de feedback contínuo estão entre as mais eficientes. Aqui estão algumas métricas de RH a serem consideradas ao coletar feedback dos funcionários.

Taxa de resposta (Métricas de RH)

O termo “taxa de resposta” refere-se à porcentagem de funcionários que estão dispostos a fornecer feedback. As pesquisas usando o pulso podem aumentar a taxa de resposta, desde que sejam breves e contenham perguntas pertinentes. Quanto maior a sua taxa de resposta você estará mais confiante em suas informações.

Pontuações de engajamento

Uma pontuação de engajamento é uma medida que lhe dirá o quanto seus funcionários estão entusiasmados e comprometidos. Quanto mais eles estiverem engajados, mais provável será que eles estejam no seu melhor. Essa é uma métrica importante tanto para o seu subordinado direto quanto para toda a organização.

23 Métricas de RH para Mensurar e Observar

Relações com a gestão (Métricas de RH)

A influência de sua equipe de gerenciamento pode determinar a experiência de seus funcionários. Os gerentes competentes sabem como estimular a satisfação dos funcionários e mantê-los satisfeitos enquanto trabalham. Por outro lado, maus gerentes podem resultar em funcionários infelizes que não têm motivação para fazer o melhor e alcançar o sucesso. Não é surpresa que os funcionários muitas vezes deixem os empregadores em vez dos gerentes. Estudos mostram que 70% das pessoas que deixam o emprego estão fazendo isso devido ao fato de não se sentirem valorizadas por seus empregadores.

Essas medidas fornecem uma visão de como você está retendo os melhores talentos em seu local de trabalho.

Taxas de retenção por equipes (Métricas de RH)

As taxas de retenção de equipe revelam quais gerentes estão fazendo seu trabalho bem e quais precisam ser melhorados. Se você descobrir que sua equipe de marketing tem uma retenção significativamente maior do que seu departamento financeiro, por exemplo, você pode sugerir a seus gerentes financeiros que se sentem com seus gerentes de marketing – ou RH para obter alguns conselhos.

Avaliações do supervisor pelos funcionários

A maneira como seus funcionários avaliam seus supervisores pode ser uma boa ideia de como os supervisores estão se saindo. Uma classificação baixa pode indicar que eles devem mudar a maneira como se comunicam e gerenciam seus funcionários.

Os níveis de engajamento dos funcionários monitorados pelo supervisor

O nível de engajamento dos funcionários e a forma como eles interagem com seus supervisores estão intrinsecamente ligados. Esta medição revela se os supervisores devem modificar suas atribuições, métodos de treinamento, bem como seu estilo de gestão ou quaisquer outros aspectos que influenciam o nível de engajamento.

Reconhecimento (Métricas de RH)

O significado do reconhecimento no local de trabalho – tanto monetário quanto social não deve ser ignorado. O reconhecimento está diretamente ligado a várias outras métricas importantes de desempenho nos negócios, que são vitais para acompanhar. É por isso que você deve considerar o uso de um sistema de reconhecimento que permita que os principais líderes, bem como colaboradores individuais, analisem as métricas listadas abaixo. Ele também deve permitir que você veja um índice que abrange toda a sua empresa ou por unidade de negócios.

Reconhecido

Reconhecido como recebido, é o número de prêmios que os membros da equipe receberam. Isso pode ser resultado de reconhecimento social na plataforma, prêmios em pontos ou até mesmo uma mistura de ambos.

Taxa de ativação (Métricas de RH)

Sua taxa de ativação é a porcentagem de seus funcionários inscritos no seu programa de reconhecimento e ansiosos para começar a usá-lo. Embora exija uma enorme quantidade de planejamento e trabalho, uma taxa de ativação de 99% é alcançável.

Usuários ativos

Um programa de incentivo para reconhecimento é inútil quando seus funcionários não participam regularmente. Quanto mais funcionários ativos você tiver, maior a probabilidade de seu programa ser bem-sucedido. É possível observar a taxa de usuários ativos por mês, bem como as características dos usuários ativos também.

As recompensas que são dadas

Como as recompensas são garantidas para aumentar a satisfação de seus funcionários, é necessário monitorar o número de prêmios concedidos. Se você observar que as recompensas não são uma ocasião frequente, talvez queira pressionar os supervisores e outros gerentes a distribuí-las com mais frequência. A adoção de um sistema de recompensa baseado em pontos é um bom ponto de partida.

Utilização do orçamento

Há uma boa chance de você ter um orçamento para incentivos de funcionários e outros aspectos do seu programa de recompensas. O relatório de utilização do orçamento informará qual porcentagem você está usando e se será necessário alterá-la no futuro.

Desempenho da meta (Métricas de RH)

Sua empresa tem metas de longo e curto prazo que os funcionários são contratados para ajudar a alcançar. Suas metas permitem que você determine a direção do seu negócio e avalie o progresso que você fez. Essas medidas demonstram como o desempenho de seus funcionários pode afetar as metas de sua empresa, bem como se você está atingindo essas metas.

Completou a meta geral

O termo “conclusão de meta geral” refere-se à quantidade de metas que seus funcionários atingiram. Ao acompanhar a conclusão da meta, você deve incluir marcos e marcos que os funcionários fizeram. Um sistema de reconhecimento pode ajudá-lo a fazer exatamente isso.

Metas para moonshots e alongamento

As metas de Moonshot e Stretch são um pouco ambiciosas, pois visam alcançar resultados que excedem o que você acha viável. Embora não sejam fáceis de alcançar, podem inspirar os funcionários a ir além e nunca desistir. Se você acompanhar o objetivo e as metas estendidas, poderá avaliar a intensidade com que está colocando seus funcionários para trabalhar e se os está ajudando a atingir todo o seu potencial.

O nível de engajamento está correlacionado com as metas alcançadas? (Métricas de RH)

Quanto mais entusiasmados seus funcionários estiverem engajados, maior a probabilidade de serem produtivos e alcançarem seus objetivos. É por isso que é importante avaliar o nível de engajamento e como isso afeta as metas. Baixos níveis de engajamento podem indicar baixo desempenho de metas e sugerem que você deve se concentrar mais no desenvolvimento de funcionários mais entusiasmados e conectados.

23 Métricas de RH para Mensurar e Observar

Potencial e desempenho

Potencial e desempenho são uma série de indicadores. Pode ser composto pelo Net Promoter Score, que determina a probabilidade de seus clientes endossar seus negócios, produtos ou serviços. O potencial e o desempenho podem ser medidos pelo número de erros cometidos com feedback de 360 ​​graus, incluindo avaliações de desempenho, tabelas de classificação e objetivos, bem como os principais resultados (OKRs).

Desempenho da empresa e sua receita (Métricas de RH)

A quantidade de dinheiro que sua empresa ganha é um indicador do sucesso que ela tem. Uma empresa eficiente aumentará a receita que será benéfica para todos dentro de sua empresa. O aumento da receita normalmente pode levar à estabilidade, crescimento e aumentos salariais e, portanto, acompanhar as métricas relacionadas à receita é uma função essencial de RH.

Receita por funcionário

Ao calcular o valor da receita que você ganha, é uma boa ideia determinar com quanto cada funcionário contribui. Se um funcionário torna a empresa significativamente mais do que outros, você pode pedir que compartilhem suas sugestões ou até mesmo ajudem a desenvolver o programa de treinamento.

Horas faturáveis por funcionário

Quanto mais tempo uma conta de funcionário, mais a quantidade de dinheiro que eles ganham. Os funcionários que faturam regularmente por muitas horas são provavelmente mais eficientes e conhecedores do que aqueles que não precisam faturar com tanta frequência.

Custo de Recursos Humanos por funcionário

O custo de contratar um profissional de RH por trabalhador é o que você está pagando pelos deveres de RH exigidos de cada funcionário. Custos altos podem significar que você precisa fazer ajustes em seus processos de RH.

O custo da educação por funcionário

Quando você treina seus funcionários para preparar o cenário para o sucesso deles, é caro. É por isso que é essencial monitorar quanto você investe no treinamento de cada funcionário. Se você perceber um aumento significativo nas despesas de treinamento associadas a determinadas tarefas, pense em maneiras de reduzi-las no futuro.

Empregando métricas de RH

Como gerente de RH, você é responsável por monitorar todas as métricas importantes de RH sobre as quais falamos anteriormente com frequência. Se você estiver equipado com as ferramentas de RH certas, poderá utilizar as medidas para obter vantagem.

Antes de decidir investir em uma plataforma, certifique-se de que ela esteja disponível em computadores e dispositivos móveis. Ele permite exportar dados para compartilhar e coletar dados em tempo real. Ao coletar informações constantemente e identificar problemas, será possível ajustar seu curso quando necessário e isso é essencial para lidar com as flutuações em constante mudança no envolvimento dos funcionários. Se suas ferramentas forem integradas para formar uma única plataforma, melhor ainda.

A Eduvem Tech inclui esses recursos e muito mais, para que você possa monitorar o feedback dos funcionários e recompensar sem ter dores de cabeça. O Eduvem foi criada especificamente para motivar os funcionários a expressarem suas opiniões e inspirar os líderes a agir sobre o feedback que recebem em tempo real, além de auxiliar no onboarding de novos integrantes da equipe.

Os líderes podem definir agendas para discussões com os membros de sua equipe e trabalhar com eles para elaborar um plano de ação. O Programa Eduvem oferece de forma integrada aos colaboradores de todos os níveis a oportunidade de dar pontos e reconhecimento social.

Como Escolher uma Plataforma para Eventos Virtuais em 2022?

Precisa escolher uma Plataforma para Eventos Virtuais em 2022? Entenda tudo que voce precisa observar antes de tomar essa decisão!

Se você navegou na web todas as vezes no ano passado, provavelmente já viu um anúncio do evento virtual. É lógico. Eventos presenciais perderam muito a popularidade devido ao COVID-19. Talvez você tenha se perguntado: “O que é um evento virtual?”

Como Escolher uma Plataforma para Eventos Virtuais em 2022?

Os eventos virtuais são semelhantes aos eventos ao vivo, no entanto, eles são hospedados na Internet em vez de em um local físico. No entanto, os participantes aparecem em um horário específico e assistem às palestras dos palestrantes, veem os animadores, conectam-se com outros participantes… Os mesmos detalhes pessoais normais estão presentes, com exceção daqueles que estão online.

Na maioria dos casos, o conteúdo dos eventos virtuais é gravado e disponibilizado aos espectadores após a conclusão do evento.

Para organizar uma festa virtual, você precisará de uma plataforma de eventos virtual. Vamos dar uma olhada no que você precisa observar em uma plataforma como essa:

O que é uma plataforma para eventos virtuais?

As plataformas de eventos virtuais são um aplicativo que permite aos usuários replicar a sensação de uma conferência ou feira real na web.

Os usuários poderão hospedar vários palestrantes ao mesmo tempo em sessões gravadas e transmitidas ao vivo com esse tipo de software e permitir que os convidados se comuniquem com o host de acordo com os horários programados.

Esse tipo de ferramenta difere de um programa de reunião virtual como Zoom e GoToMeeting. O software de reunião virtual foi projetado para permitir que pequenos grupos de pessoas se reúnam de maneira íntima e cara a cara, mesmo que os participantes estejam a quilômetros de distância um do outro. As soluções normalmente tinham limitações de acesso e recursos também.

As plataformas de eventos virtuais diferem, pois oferecem aos administradores várias maneiras de interagir com os convidados, como a capacidade de esperar nas salas de espera, votar em chats ao vivo, perguntas e respostas e muito mais. O software de reunião virtual é uma ferramenta que coloca todos em uma “sala”, o software de evento virtual permite apresentações com apenas alguns palestrantes e todos estão “na platéia” usando suas webcams e microfones desligados.

É possível pensar no software de reunião virtual como o software que reúne as pessoas em torno de uma mesa, e as plataformas de eventos virtuais colocam os usuários na platéia enquanto os apresentadores sobem ao palco.

O que você acha que pode realizar usando uma plataforma para eventos virtuais?

Depois de estabelecermos o que é uma plataforma de eventos virtuais e o que ela pode fazer, vamos discutir as opções para as quais você pode usá-la. Há uma variedade de opções, que discutiremos na próxima seção:

Eventos virtuais

Claro que não seria uma plataforma de virtualização de eventos se não permitisse a realização de eventos online. O tipo de evento que você realiza pode variar de pequenos webinars exclusivos a grandes encontros com milhares de participantes de todo o mundo.

Em essência, estamos falando de qualquer evento online que tenha vários palestrantes e uma multidão que está sintonizada para ouvir e aprender, porém, eles não necessariamente falam em sua própria voz.

Sessões de perguntas e respostas

Uma boa plataforma de evento virtual deve incluir um recurso integrado de perguntas e respostas para que os convidados possam fazer perguntas aos moderadores e palestrantes em determinados horários durante o evento.

Não importa o tipo de evento que você está planejando, seja pessoalmente ou pela internet, a importância do engajamento com seu público é primordial. Para eventos que acontecem na internet, é necessário atenção especial para envolver o público, pois os participantes podem sair e fazer outra coisa se ficarem entediados.

Uma sessão de perguntas e respostas é um excelente método para envolver seu público e agregar valor em um evento online. Ao escolher uma plataforma de virtualização de eventos, certifique-se de selecionar uma que tenha esse recurso.

Conversas com o público

É importante escolher uma plataforma de eventos online que permita que os convidados façam perguntas aos palestrantes nos intervalos programados. Não se esqueça de incluir chats com o público!

Muitas pessoas vão a eventos para conhecer seus colegas. Isso não é fácil de conseguir em um ambiente digital, principalmente quando um recurso de bate-papo não é oferecido. Escolha uma plataforma virtual que permita que os participantes se comuniquem entre si, como administradores e palestrantes.

Como Escolher uma Plataforma para Eventos Virtuais em 2022?

Oficinas interativas

Workshops interativos, geralmente chamados de sessões de breakout, geralmente são treinamentos de pequeno porte que permitem que os participantes se envolvam em tópicos específicos, façam perguntas e geralmente participem mais do que fariam durante as palestras tradicionais.

Em um workshop interativo, os participantes não devem ser silenciados e incentivados a participar de conversas com moderadores e outros participantes. Certifique-se de que a plataforma virtual para eventos que você escolher pode permitir a realização de workshops interativos.

Enquetes do público.

Outro método para manter seus participantes engajados durante o evento virtual é fazer com que eles respondam a perguntas usando uma enquete na internet. A maioria das plataformas de eventos virtuais permite algum tipo de questionário que pode ser entregue antes ou durante o evento.

O que você deve discutir com seus convidados? Qualquer coisa que você gostaria! Por exemplo, você pode perguntar sobre qual evento eles estão mais ansiosos ou o que eles gostariam de ver melhorado em quaisquer eventos virtuais futuros que você planeja realizar.

Apostilas gratuitas

Se você participou de um evento pessoalmente, principalmente um voltado para profissionais e profissionais de negócios, saberá que as apostilas são abundantes. De agendas de eventos a materiais de cursos, discurso de vendas, cupons de descontos e muito mais, os participantes sempre saem com uma sacola cheia de coisas.

É importante garantir que a plataforma para eventos virtuais que você selecionar facilite a distribuição dessas partes de conteúdo.

Transmissão ao vivo (Plataforma para Eventos Virtuais)

As plataformas de eventos virtuais mais eficazes permitem que você organize um evento em uma determinada página da Web e transmita seu evento para plataformas de mídia social e YouTube.

Ao conectar a plataforma do seu evento com diversas redes e plataformas sociais, você poderá se conectar com mais pessoas e mostrar a imagem da sua marca para um público maior. Qual é o ponto que você está segurando sua ocasião em primeira instância? Escolha uma plataforma para eventos virtuais usando esse recurso.

Páginas de destino personalizadas

É provável que você não esteja organizando uma reunião virtual apenas para fazer uma declaração. Você provavelmente está fazendo isso para ajudar a promover a marca da sua empresa e alcançar um determinado grupo de pessoas. É por isso que você precisa garantir que os participantes se inscrevam em seu evento para garantir que você tenha as informações de contato dos participantes.

Recomendamos trabalhar com uma plataforma de gerenciamento de eventos que forneça páginas de destino personalizadas projetadas especificamente para esse motivo. Você pode então incorporar widgets e formulários que você gosta, bem como escolher imagens de cores, logotipos e cores que reflitam sua marca.

Opções de marketing para eventos

Se você não fizer um push para o evento online, ninguém poderá comparecer. A maioria das plataformas de eventos virtuais possui ferramentas de marketing que você pode utilizar para atrair uma multidão.

Por exemplo, a plataforma pode permitir que você crie listas de e-mail com base em formulários de inscrição e envie mensagens automáticas para lembrar os participantes sobre seu próximo evento, workshop ou seminário. Você já pode ter ferramentas de marketing que pode usar, ferramentas integradas na plataforma de eventos virtuais de sua preferência podem ser extremamente úteis.

Você está interessado em uma plataforma de eventos que agregue todas essas funções e muito mais? Conheça a Eduvem!

RH Tech em Destaque de 2022 [6 Tecnologias Revolucionárias]

No decorrer da pandemia, várias RH Tech Destaque em 2022 surgiram para melhorar e manter a produtividade e o engajamento dos funcionários nas organizações. Percebemos que havia apenas uma coisa que mudava e mudava na mesma velocidade e até mais rapidamente do que o próprio local de trabalho. E isso era Tecnologia de RH. Além disso, semelhante ao que foi durante o Grande Experimento Remoto, a tecnologia também estará disponível a longo prazo!

Na realidade, quando os espaços de trabalho híbridos, o trabalho remoto e os arranjos de trabalho em qualquer lugar mudam, a demanda por software inteligente e de ponta também muda. As empresas que não investirem nesses avanços estarão em comparação com as que investirem. É por isso que queremos sugerir seis tecnologias essenciais de RH com base em nossa análise da previsão de mercado para 2022.

6 RH Tech para Observar em 2022 e Além

Monday.com (1º RH Tech em Destaque de 2022)

RH Tech em Destaque de 2022 [6 Tecnologias Revolucionárias]

Uma das melhores ferramentas de gerenciamento de projetos do mercado, o Monday também entrou recentemente no mercado de RH, com um conjunto de ferramentas fáceis de usar e simples para recrutamento, captura e funil de leads de RH (que até se integra como um formulário ao seu site) , acompanhamento do tempo dos funcionários e métricas de desempenho do projeto.

Eduvem.com (2º RH Tech em Destaque de 2022)

RH Tech em Destaque de 2022 [6 Tecnologias Revolucionárias]

Ajudamos equipes de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) corporativas a evoluir seus processos de capacitação de colaboradores e clientes. Através de Microlearning, Gamificacão, Lives Interativas e Realidade Virtual, a Eduvem tem tudo que sua organização e equipe de RH precisa para criar capacitações e programas de Onboarding fantásticos!

Gusto (3º RH Tech em Destaque de 2022)

RH Tech em Destaque de 2022 [6 Tecnologias Revolucionárias]

Com ferramentas robustas e um design intuitivo e amigável, a Gusto oferece um sistema de Onboarding e folha de pagamento baseado em nuvem, além de benefícios de folga e plataforma de compliance com um forte perfil de automação que pode ser usado na gestão de uma empresa presencial força de trabalho remota, híbrida ou no local. Mais de 100.000 equipes usam o Gusto em todo o mundo!

Donut

RH Tech em Destaque de 2022 [6 Tecnologias Revolucionárias]

Se você estiver migrando para um ambiente híbrido ou totalmente remoto durante o surto, é provável que, no mínimo, alguns de seus funcionários estejam perdendo conversas mais frias e intervalos para almoço com colegas. Donut é uma solução para isso com uma abordagem ingênua e interessante para os funcionários se encontrarem e conversarem entre si por meio de uma integração semelhante ao Slack, na qual os funcionários são emparelhados aleatoriamente para se envolver em conversas informais.

BetterUp

O surto chamou nossa atenção para a necessidade de promover mudanças organizacionais por meio do crescimento pessoal. A maneira mais eficaz de alcançar o método é BetterUp. Essa plataforma personalizada combina coaching e conteúdo, bem como cursos que comprovadamente impulsionam o desenvolvimento e a transformação pessoal e profissional usando tecnologia de IA e cientistas comportamentais para criar mudanças em grande escala e aumentar a resiliência de sua organização.

Canvas

Canvas usando em RH

O Canvas se integra perfeitamente ao processo existente de recrutamento de talentos e brilha quando a empresa recebe o currículo dos candidatos ao emprego. Os candidatos devem preencher um questionário adicional especificamente focado nas qualificações do candidato e seus dados demográficos. É possível combinar o uso do Canvas usando Fairy Godboss, para identificar candidatas do sexo feminino ou Valence para identificar talentos negros sub-representados para cargos de nível básico e C-suite.

O primeiro passo para adotar a tecnologia mais recente é compreender plenamente os requisitos que seus trabalhadores têm, especificamente quando o medo da Grande Demissão aparecer. Combinar as percepções do funcionário com as metas estratégicas de negócios para sua empresa e essas tecnologias essenciais de RH ajudará muito a garantir seu sucesso.

Você está interessado em aprender detalhes sobre o ciclo de vida e o módulo de funcionários de RH da Eduvem, a melhor plataforma de onboarding? 

Plataforma de Employee Experience [Uma Nova Categoria]

Uma das tendências mais significativas no domínio do emprego é encontrar formas de tornar o trabalho mais fácil com uma Plataforma de Employee Experience. Neste mercado de trabalho em expansão, as pessoas estão dispostas a deixar os seus empregos em um ritmo recorde, e as pesquisas mostram que a taxa de demissão voluntária subiu para mais de 15% (isto significa que uma em cada seis pessoas decidiram deixar os seus empregos para procurar um novo).

Plataforma de Employee Experience  [Uma Nova Categoria]

Contudo, as pessoas estão trabalhando mais horas, ocasioando mais estresse e sentindo-se menos produtivas do que nunca. Na verdade, a produtividade em todas as economias desenvolvidas está diminuindo e não há um consenso entre os economistas do principal motivo.

O Papel dos RH no Crescimento e Produtividade

Como tudo isto tem acontecido, os departamentos de RH em todo o mundo estão comprando novas plataformas em nuvem, repensando a gestão do desempenho, e colocando benefícios, regalias, e programas de recompensa num esforço para melhorar o trabalho.

A batalha sempre crescente pelos benefícios é muito complexa. As despesas com benefícios dos EUA aumentaram em 32% (mais de $1 trilião anualmente nos EUA) e a maioria deste aumento é atribuída à saúde e ao bem-estar, bem como a melhores benefícios de reforma. Os empregadores são agora obrigados a preencher as lacunas da nossa economia que deixaram as pessoas desamparadas e a responsabilidade recaiu sobre os RHs.

No meio de tudo isto as empresas estão adquirindo cada vez mais tecnologias para auxiliar os times de RH, como uma Plataforma de Employee Experience. O mercado da tecnologia de RH está estimado em 8 bilhões de dólares e mais de 4 bilhões de dólares de capital privado e de capital de risco foram investidos nele. (Ainda na semana passada, uma empresa de participações privadas comprou a Ultimate Software por 11 bilhões de dólares para ganhar mais dinheiro).

No entanto, será que toda Plataforma de Employee Experience ajuda?

Sim “de certa forma”. Apesar dos biliões de dólares investidos em novos Sistemas de Gestão de Capital Humano baseados na nuvem (vendidos pela ADP, Ceridian, Oracle, SuccessFactors, Ultimate Software, Workday, e muitas outras empresas) a investigação revelou que o mercado para a tecnologia de RH está tornando-se mais desorganizado.

A maioria das empresas está entusiasmada por finalmente ter um sistema “tudo em um”, e na realidade, a maioria destes novos sistemas estão a substituir sistemas antigos e heterogêneos que nem sempre se ligavam uns aos outros.

No entanto, mesmo depois de ter implementado a mais recente e dispendiosa Plataforma de HCM, as empresas ainda não estão fornecendo o tipo de experiência que os empregados desejam.

Num estudo de investigação que será lançado nos próximos meses, descobriu-se que 59% das empresas acreditavam que a sua nova plataforma seria mais fácil de utilizar, mas apenas 35% viram realmente os benefícios. Muitas organizações informam que “sim, concluímos a transição massiva no dia de trabalho | Oracle | SuccessFactors mas não somos capazes de proporcionar aos empregados a conveniência que eles desejam”.

A questão? A noção de que seríamos capazes de criar uma plataforma de capital humano parece ter passado por entre os nossos dedos. Na realidade, poderia nunca ter sido um objectivo viável.

Pense no mercado para o consumidor. Google, Facebook e Amazon têm muitos sistemas back-end, mas nós temos uma interface simples para os consumidores. Da mesma forma que eliminaram a complexidade criando uma camada de interface que é front-end e construíram uma camada back-end. Temos de desenvolver uma estrutura semelhante para os empregados das nossas empresas. Esta é a era da tecnologia para os serviços de RH e é por isso que necessitamos da “Plataforma de Employee Experience”.

Plataforma de Employee Experience  [Uma Nova Categoria]

Arquitecturas de Tecnologia de RH para o Avanço da Soluções de RH

Há inúmeras aplicações relacionadas com os empregados que necessitamos dentro das nossas organizações. Estas incluem uma variedade de ferramentas para avaliar e recrutar candidatos e uma diversidade de ferramentas para descobrir conteúdos e aprender, além de ferramentas para ajudar na administração de benefícios, programas de recompensa do bem-estar, bem como uma diversidade de ferramentas para ajudar na assiduidade e tempo, bem como no agendamento, relocalizações de queixas de empregados, mudanças familiares e muito mais.

As incríveis aplicações não provêm de nenhuma empresa. Claro, as empresas de ERP propuseram-se a desenvolver cada uma delas. No entanto, chegaram à conclusão de que não são capazes de acompanhar a velocidade do avanço tecnológico, e reposicionaram-se como plataformas abertas.

No mês de Junho do ano passado, a SAP investiu na sua própria solução inicial SAP.iO para ajudar a financiar empresas que se integrem e a Oracle operou a sua própria iniciativa ISV durante muito tempo. É tudo um esforço para manter o seu estatuto na vanguarda do mercado como a “tecnologia central do futuro”.

Sugere-ser que este esforço já não faz sentido. É claro que as empresas querem um sistema de registos de HCM, mas está tornando-se cada vez mais difícil armazenar toda essa informação num único local. Da mesma forma que o Google ou a Amazon e o Facebook combinam os seus dados no seu perfil como utilizador, consolidando informação de múltiplas aplicações, precisa-se conseguir o mesmo no RH.

Isto significa que precisamos de um conjunto de programas para fornecer uma interface de utilizador que nos permita construir viagens de empregados, criar aplicações, conceber e gerir fluxos de trabalho, e até adicionar chatbots, bem como outros tipos de interfaces que possam ser utilizados.

As empresas devem reconhecer que a inovação já é uma realidade. Enquanto os grandes fornecedores de HCM têm excelentes ferramentas, as equipas de RH procuram constantemente a “próxima maior tendência” na gestão de carreiras, recrutamento e bem-estar, aprendizagem ou remuneração, impulsionada pela inteligência artificial. Exige-se uma infra-estrutura que permita e encoraje este tipo de inovação sem interromper constantemente os funcionários, introduzindo “outra ferramenta a utilizar”.

A resposta é um software denominada “A Plataforma de Employee Experience”. Semelhante à forma como o software middleware estava em expansão na última década, o mercado para uma camada de software centrada no utilizador está deslocando a indústria de RH. Isto não é simplesmente uma boa ideia. Já está acontecendo.

De acordo com uma conferência de utilizadores ServiceNow em Outubro, por exemplo, foram identificados mais de 14.000 empresas à procura de software para ligar a sua experiência completa de serviço ao cliente end-to-end para empregados. Isto está certamente concentrado atualmente na “prestação de serviços”, mas, a seu tempo, o número de experiências e aplicações dos empregados que será criado utilizando estes sistemas aumentará.

Podemos analisar como aplicação semelhante ao onboarding. Cada empresa deve recolher informações dos empregados, fornecer um e-mail e um computador e enviar-lhes instruções sobre os seus crachás e procedimentos de segurança, apresentá-los ao seu trabalho e à sua equipe, bem como mostrar-lhes como devem ser pagos, fazer cartões de ponto, usar férias e assim por diante. Depois há a questão de ensinar ao jovem empregado a forma correta de trabalhar e se relacionar dentro da nossa organização, bem como criar um sentido de pertença e também aconselhar os locais certos para procurar assistência.

Se você passar uma semana inteira imerso na Deloitte não conseguirá lembrar-me de tudo o que tinha aprendido, mesmo com uma semana de experiência. Se houvesse um “sistema” (ou “aplicativo” que reunisse todos os dois num único fluxo de trabalho, teria tudo isso durante o meu primeiro ano na empresa. É um excelente uso que pode ser usado com a Eduvem.

A Eduvem é uma aplicação que permite às empresas criar a experiência de vários passos, baseada no fluxo, ligá-la às muitas aplicações de RH e TI que são necessárias e remover o utilizador das complexidades do processo por detrás dos bastidores. Se a empresa decidir mudar para sistemas LMS, os empregados não sabem.

Em muitos aspectos, plataformas como a Eduvem serão as novas versões do “portal do empregado”, que é o que a maioria das empresas constrói por conta própria.

Se examinarmos as maiores implementações de ERP HCM em todo o mundo, a maioria das empresas chega à sua conclusão de que necessitam de um ERP. Os principais intervenientes neste espaço incluem ServiceNow, WillisTowersWatson, IBM, Deloitte, e muitos outros que se estão a juntar ao cenário.

Não digitalize, transforme digitalmente!

A buzzword do momento com certeza é transformação digital. Está na pauta de presidentes, diretores de marketing, tecnologia, áreas de negócio, etc. Em algumas empresas, a função de CDO (Chief Digital Officer) tem sido criada para conduzir jornadas de transformação digital. E tudo isto na minha visão não é modismo. É necessidade. Quem não reinventar seus negócios a luz do que estamos vivendo, será fatalmente engolido por concorrentes que estão se reinventado. Ou por startup´s, que por sua vez estão reinventados nossos negócios. Que loucura.

Nesta onda de transformação, uma diferença semântica de palavras em inglês me chamou bastante atenção. Em inglês, existem duas palavras, absolutamente distintas, que tratam o tema: digitization e digitalization. Ambas em português foram traduzidas como digitalização.

Digitization é o ato de tornar o analógico em digital, em um DE/PARA ipsis litteris. Sem tratamento, sem transformação, pega-se o que feito de forma analógica e copia-se para sua forma digital. Vamos chama-lo aqui de Digitalização.

Digitalization, por sua vez, vai além de simplesmente transformar o análogo em digital. Aqui o intuito é utilizar o melhor das tecnologias digitais (mobile, cloud, big data, social media, etc) para transformar o que já existe em algo mais prático, mais inteligente, mais eficaz, que proporcione uma melhor experiência de uso. Chamá-lo-emos de Transformação Digital.

E por que as empresas tanto buscam a digitalização ou a transformação digital? Os motivos são muitos, e variam de empresa a empresa, mas os pilares usualmente são: tornar escalável, em grandes e rápidas proporções; executar rápido, com eficácia e agilidade; melhorar a experiência de uso, buscando tornar os usuários os promotores do produto ou serviço.

Assim tem acontecido com a educação. Ninguém tem mais dúvida da imprescindibilidade de ferramentas digitais para a sobrevivência e prosperidade de empresas e organizações que atuam no segmento educacional. O Coursera (plataforma online de cursos gratuitos) tem mais de 15 milhões de alunos, o que o torna a maior instituição de ensino do mundo. PS: o Coursera tem 120 funcionários.

O problema, na minha visão, é que as empresas e organizações estão digitalizando mais do que transformando. Mais, estão abusando da digitalização. Pegar uma aula presencial, com todas suas nuances e seu charme natural, gravá-la e distribui-la pela internet está longe do que podemos fazer com tudo que temos hoje. E é o que mais tem ocorrido. A experiência, o aprendizado, sofre muito com este modelo escalável, porém pouco efetivo do ponto de vista de quem usufrui do produto/serviço.

O caminho é de fato pensar na transformação digital do ensino, do conteúdo, para que se tenha uma experiência de aprendizado satisfatória de forma escalável, infinita. É massificar a personalização. É criar formas atraentes, interativas, agradáveis, e obviamente escaláveis, para se propagar mensagens que serão entendidas e absorvidas.

E para isto não temos respostas ou formulas prontas. A equação é única para cada desafio. O importante é termos um conhecimento que valha a pena ser escalado de um lado, e ferramentas digitais que permitirão sua escala de forma agradável de outra. Junta-se os dois, define-se a melhor equação, e voilá, teremos uma plataforma de propagação de conhecimento útil, palatável, atraente e que desperte nas pessoas que a consomem o desejo de mais, e mais, e mais. O ser humano parece ter necessidades por vícios. Vamos tornar o conhecimento algo viciante. Antes de nos perguntarmos se o projeto de transformação digital é bom, é escalável, devemos nos perguntar: é viciante?

Scroll to top
×

WhatsApp Chat

× Ajuda?